O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
FC Porto

Paulo Teixeira e os pedidos de Sérgio. "Pinto da Costa não vai deixá-lo ficar mal"

19 jul, 2018 - 12:45 • João Fonseca

Ex-dirigente portista acredita que a SAD azul e branca vai dotar o plantel de armas suficientes para a defesa do titulo nacional. Derrota em Portimão é vista num contexto de pré-temporada, por isso não deixará marcas na equipa de Sérgio Conceição.
A+ / A-

Os pedidos de reforços de Sérgio Conceição terão correspondência junto de Pinto da Costa. Paulo Teixeira, antigo dirigente do FC Porto, considera que "um treinador quer sempre o melhor para a sua equipa" e é natural que peça mais jogadores a juntar aos que já fazem parte do plantel.

"Não tenho dúvidas de que o Sérgio Conceição tem o ADN do FC Porto, que foi jogador da casa. Deu provas que é um bom treinador vai com certeza querer ter um bom plantel. E o presidente não vai querer deixá-lo mal", vaticina o antigo vice portista, em declarações a Bola Branca.

No entanto, Paulo Teixeira recorda a temporada passada: "Eu não posso esquecer que na época transata o FC Porto foi dos grandes, aquele que menos se reforçou e acabou por ser campeão. Não é o facto de estar a contratar jogadores que os torna mais felizes em termos de títulos".

Paulo Teixeira confia na atuação da SAD azul e branca. Não deixa, ainda assim, de lançar um apelo aos atuais jogadores às ordens de Sérgio e que foram alvo de criticas do técnico, após a derrota de Portimão (2-1).

"Eu vi como um puxão de orelhas a alguns que deviam ter feito mais e não fizeram. Naturalmente que o plantel que está em estágio vai ter algumas alterações. Ninguém é titular definitivo no FC Porto, por isso têm de se aplicar e jogar mais 'à Porto', com garra. Foi um alerta a uma parte da equipa que poderá ter tido uma prestação menos positiva em relação àquilo que ele [Sérgio Conceição] pretendia", justifica.

João Pedro agrada, mas é muito cedo para tirar ilações

O ex-dirigente acompanha a pré-época com especial atenção para alguns reforços, como o brasileiro João Pedro: "Deu alguns sinais, mas num jogo não se consegue avaliar um jogador". Na certeza de que terão "condições para vingarem no clube", Paulo Teixeira espera que Sérgio conseguia "encontrar as melhores opções para todos os lugares".

A derrota no Algarve mostrou um FC Porto diferente do da última época, mas Paulo Teixeira entende que "há jogadores que não estão entrosados, jogadores novos a entrarem que jogaram pela primeira vez".

"É uma fase de experimentação e o treinador está a trabalhar com a SAD para se fazer aquilo que é o objetivo, que é um Porto novamente campeão", deseja o antigo vice-presidente do clube.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.