A+ / A-

Fernando Santos admite desilusão no Mundial: "Não atingimos o que ambicionávamos"

17 jul, 2018 - 16:29

Selecionador respondeu a questões na apresentação dos novos parceiros comerciais da Federação.
A+ / A-

Fernando Santos admitiu, esta terça-feira num evento da Federação, que não ficou agradado com o percurso da seleção portuguesa no Mundial 2018.

"Não atingimos o que ambicionávamos. Tinha dito que o mínimo era passar os grupos, mas a nossa perspetiva era diferente. Pensei na reação das pessoas, e foi impressionante. A primeira vez que me abordaram pensei que iriam estar chateados, mas deram-me os parabéns", começou por dizer o selecionador.

Fernando Santos acredita que a vitória da França foi merecida: "Ganha sempre quem merece. Há sempre a discussão com o 'se', mas isso não resulta em nada. O futebol é um jogo de erro e a França errou menos vezes e venceu. Está de parabéns por isso".

O selecionador recusou falar de uma "renovação" da seleção para o EURO 2020: "Não adianta pensar já na fase final do Europeu, há uma fase de qualificação e há que trabalhar para lá chegar. Não pensamos em 'caras novas', isto não é uma coleção que se faz. Há um ciclo normal de evolução das equipas. A idade no futebol tem esse peso porque a forma física depende do organismo, e a idade vai limitando as capacidades".

Para o futuro, Fernando Santos deixou um desejo: "Vamos continuar a trabalhar para ter uma seleção muito forte. Se voltarmos a repetir o registo de apenas duas derrotas em 33 jogos, vamos ter grandes alegrias, e é isso que eu desejo".


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • PORTUGUÊS
    18 jul, 2018 BELEM PARÁ BRASIL 00:12
    SERIA BOM QUE PORTUGAL TENHA TIRADO ALGUMA LIÇÃO DESTE MUNDIAL 2018, A CROÁCIA SERIA UM BOM EXEMPLO DE GARRA , LUTA, VONTADE DE VENCER, PATRIOTISMO ,ENFIM, VERDADEIROS GUERREIROS . ESPIRITO DAQUELES PORTUGUESES DOS QUAIS REZA A NOSSA HISTÓRIA, ONDE AS ADVERSIDADES ERAM SIMPLESMENTE ATROPELADAS. ENFIM, PORTUGAL PRECISA IR PARA ESSES CAMPEONATOS FOCADOS NO ACONTECIMENTO COM VONTADE DE VENCER E NÃO IR APENAS PENSANDO NAS FÉRIAS ! PELO MENOS É ESSA A IMAGEM QUE PASSAM !! É A IMPRESSÃO QUE TENHO.
  • Cidadao
    17 jul, 2018 Lisboa 20:44
    Temos de deixar de complicar tanto na altura de rematar à baliza: o Uruguai ganhou-nos com 3 remates em jogadas tão simples como rápidas e decididas. E já antes, nas Eliminatórias, a Suíça tinha feito o mesmo. E mesmo jogando em contenção, temos sempre de ter presença na área adversária, e deixarmo-nos de sucessivas mudanças de flanco e centros para onde não está ninguém.