O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

​De Obama a Ronaldo, celebridades estão a perder milhões de seguidores no Twitter

13 jul, 2018 - 18:52

Rede social realizou uma operação de limpeza das contas falsas para reforçar a credibilidade e combater as notícias falsas.
A+ / A-

Cristiano Ronaldo, Barack Obama e Katy Perry foram algumas das celebridades globais que mais seguidores perderam com a limpeza de contas falsas realizada esta semana pelo Twitter.

O craque português que trocou o Real Madrid pela Juventus era seguido por 74,6 milhões de contas e agora conta com 73,4 milhões, menos 1,2 milhões.

A lista dos maiores perdedores com a operação de remoção de seguidores "fantasma” no Twitter é liderada pela cantora norte-americana Katy Perry, que recentemente subiu ao palco do Rock in Rio – Lisboa.

A autora de “Firework” ficou sem três milhões de fãs naquela popular rede social. Tinha 110 milhões e passou para 107 milhões.

Os cantores Lady Gaga e Justin Bieber ocupam a segunda e terceira posição, respetivamente, no ranking elaborado pela Sky News. Lady Gaga perdeu cerca de dois milhões de seguidores e Bieber, que nos últimos dias anunciou o seu noivado, ficou sem três milhões de seguidores.

O antigo Presidente dos Estados Unidos Barack Obama, que na semana passada esteve na cimeira foi a quarta celebridade a quem o Twitter retirou mais contas falsas. Obama ficou sem três milhões de seguidores, mas ainda tem 101 milhões.

O atual Presidente norte-americano, Donald Trump, também ficou sem 340 mil seguidores e tem agora 53,1 milhões.

O próprio Twitter também ficou sem 7,7 milhões de seguidores "fantasma".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.