O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Estado da Nação

Verdes atacam "forte demagogia" da direita

13 jul, 2018 - 15:03

"Esta direita é mentirosa", acusou Heloísa Apolónia, que atacou PSD e CDS pela atitude assumida neste debate.
A+ / A-

A deputada do PEV Heloísa Apolónia insiste em usar as metáforas automobilísticas e criticou o Governo e o PS por fazerem "marcha-atrás" quanto à revisão das leis laborais e atacou a "forte demagogia" da direita.

A maior crítica no encerramento do debate sobre o estado da Nação, na Assembleia da República, em Lisboa, com que se assinala o fim do ano parlamentar, foi, porém, para "a forte demagogia" da direita nesta discussão.

"Esta direita é mentirosa", acusou Heloísa Apolónia, que atacou PSD e CDS pela atitude assumida neste debate.

"Quando governou, nada era possível, na oposição, tudo é possível", acusou Heloísa Apolónia, aplaudida pelas bancadas do PS, PCP e BE quando disse que PSD e CDS votaram contra "tudo o que era para repor dignidade aos portugueses" nos salários, nas pensões ou a reposição dos feriados.

A crítica ao PS foi dirigida à reforma das leis laborais, resultado de um acordo na concertação social.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Russo
    15 jul, 2018 lisboa 10:39
    Todos os partidos mais ou menos são marxistas uns mais que outros.Chamar direita ao PSD e CDS corresponde chamar ao PEV ser de algo q ainda não existe q seria alegadamente de super-super-super-abissal extrema esquerda trucidaria.O Pa´s mao cresce como deveria, tem á frente na europa 20 países dos 28 da EU.Juntem mas é esforços e ponham Portugal na linha da trente da produção e não na cauda do mesmo.Recordem que a Russia e a CHINA deixaram á muto tempo de terem economia planificada por ser ineficiente.
  • Anónimo
    13 jul, 2018 19:42
    A comentadora Sofia quer que regresse a direita?
  • Sofia
    13 jul, 2018 Lisboa 17:37
    Propaganda comunista, de quem perdeu a identidade e não sabe senão engolir sapos! esquerda sem vergonha na cara, um país adiado na saúde, educação e transportes.