O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
​Saúde agita debate

PSD. “Serviço Nacional de Saúde está destroçado”

13 jul, 2018 - 10:27

Atual estado dos serviços de saúde públicos deram origem às primeiras trocas de palavras mais acesas entre o Governo e a bancada do PSD.
A+ / A-

Acompanhe o debate do Estado da Nação ao minuto no liveblog da Renascença



O deputado do PSD Adão e Silva critica severamente a atuação do Governo na área da saúde. "Temos um Serviço Nacional da Saúde a cair aos bocados, mutilado, sem servir as pessoas", afirmou o deputado do PSD, durante a sua intervenção no Parlamento sobre o Estado da Nação.

Adão e Silva centrou grande parte da sua intervenção nesta matéria, lembrando que . nesta área tem havido muitos protestos contra o Governo nos últimos tempos. "As pessoas estão desanimadas", diz.

"As unidades de saúde familiares. 2017 foi o pior ano na constituição destas unidades, que são importantes porque garantem melhor acesso das famílias à saúde. Rede de cuidados continuados. Como é que se explica que o orçamento da Segurança Social, que devia ter pago estas redes, tenha tido um saldo positivo? Acabem de brincar com a situação da pediatria oncológica no São João. Já chega. Não brinquem com as crianças, não brinquem com os pais", deu como alguns exemplos do que considera ir mal.

António Costa tomou depois a palavra para garantir que o Governo está a a "recuperar o país de quatro ano de brutal desinvestimento".

"Há uma coisa que os portugueses sabem. Com os governos do PS criou-se o SNS e melhorou-se o SNS e com este Governo acontecerá exatamente o mesmo", terminou Costa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.