O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Ciclismo

Rafael Reis é o primeiro líder do GP Joaquim Agostinho

12 jul, 2018 - 21:59

Ciclista português da Caja Rural foi intratável no contrarrelógio individual que marcou o prólogo da 41ª edição da prova realizada no Oeste.
A+ / A-

Rafael Reis (Caja Rural) venceu o prólogo do Grande Prémio Joaquim Agostinho, esta quinta-feira, sendo o mais forte no contrarrelógio individual de abertura da 41ª edição da prova.

O ciclista português cumpriu o circuito de oito quilómetros disputado no Turcifal, em 10m33s e é o primeiro líder do certame, disputado no Oeste.

José Neves (W52-FC Porto) foi segundo classificado, a três segundos e o seu colega australiano Nicholas Schultz o terceiro, com mais 10.

Rafael Reis, que repete o triunfo alcançado precisamente no Turcifal em 2016, conseguiu a sua primeira vitória pela Caja Rural, equipa ao serviço da qual cumpre a sua segunda época.

O espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto) e o português Joni Brandão (Sporting-Tavira), dois dos principais candidatos ao triunfo final e também da Volta a Portugal, fizeram os quarto e quinto tempos, respetivamente, gastando mais 12 e 13 segundos do que o vencedor.

Amanhã, vai para a estrada a primeira etapa, saindo da Adega Cooperativa da Ventosa, Torres Vedras e terminando em Sobral de Monte Agraço, numa ligação de 162 quilómetros de perfil maioritariamente plano e propício a uma chegada ao "sprint".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.