O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

​Trump recebido com protestos em Londres. “Eles gostam muito de mim”

12 jul, 2018 - 18:55

Presidente norte-americano aterrou na capital britânica em plena crise governamental por causa do plano para o Brexit.
A+ / A-

O Presidente norte-americano iniciou esta quinta-feira a sua primeira visita oficial ao Reino Unido. Antes de aterrar, Donald Trump disse não ter problemas em ser recebido com protestos e chegou a afirmar “eles gostam muito de mim”.

O avião Air Force One que transportou Trump e a mulher Melania desde Bruxelas, onde o líder americano marcou presença na cimeira da NATO, aterrou no aeroporto de Stansted, pelas 13h50.

Trump foi recebido com honras militares e depois seguiu de helicóptero para a embaixada dos Estados Unidos em Londres, onde está concentrado um grupo de manifestantes.

O Presidente dos EUA janta esta quinta-feira com a primeira-ministra britânica, Theresa May, no Palácio de Blenheim, que já foi a casa de Winston Churchill. Em cima da mesa vão estar, sobretudo, as relações económicas entre os dois blocos.

À espera de Trump vão estar centenas de manifestantes que já se começaram a juntar nas imediações do palácio, controlados por um forte contingente de segurança.

May enfrenta uma crise no Governo por causa do seu plano para o Brexit, que levou à demissão do ministro responsável pelas negociações de saída da União Europeia, David Davis, e do ministro dos Negócios Estrangeiros, Boris Johnson.

Trump pronunciou-se nos últimos dias sobre os problemas no executivo britânico. Afirmou que o Reino Unido é um “ponto quente” por esta altura e que a continuidade da primeira-ministra depois das demissões está nas mãos do povo.

Tem corpo laranja e cabeça de vento. "Bebé Trump" vai mesmo sobrevoar Londres
Tem corpo laranja e cabeça de vento. "Bebé Trump" vai mesmo sobrevoar Londres

Donald Trump encontra-se na sexta-feira com a rainha Isabel II, no Castelo de Windsor, naquele que será um dos momentos altos da visita ao Reino Unido.

Conhecido pelos seus problemas em cumprir o protocolo, o comportamento do líder norte-americano vai estar sob os holofotes da imprensa internacional.

De acordo com uma sondagem do instituto YouGov, metade dos britânicos aprova a visita de Trump e 37% defendem que devia ser cancelada. Os outros 13% não têm opinião.

Apenas 35% dos inquiridos considera que o Presidente dos EUA deve ser recebido pela Rainha Isabel II.

A mesma sondagem conclui que 77% dos britânicos têm opinião negativa de Donald Trump, contra 17% que aprovam o Presidente norte-americano.

Questionado sobre as manifestações contra a visita de Trump, o presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, respondeu que os protestos podem acontecer desde que sejam pacíficos.

Sadiq Khan autorizou a utilização por parte de um grupo de ativista de um balão gigante em forma de Trump, que vai subir aos céus de Londres.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    14 jul, 2018 13:56
    Caro JMC, tem razão mas eu não sei se chega a 45%. É que metade da população americana nem sequer vota de todo. É muito triste que os EUA estejam reféns de uma minoria extremista.
  • JMC
    13 jul, 2018 USA 04:05
    Colega Anónimo: Passo muito tempo em Portugal uma vez por ano, e nunca conheci um único português que tenha respeito por Trump. Agora, em nome de 55% (ou mais) da população aqui nos EUA, também nós não temos respeito por Trump, e portanto esperamos o dia em que ele desapareça. O problema será o outro 45% (ou menos) da nossa população,que irá defender Trump com um fanatismo populista a todo o custo––mesmo até a morte.
  • Anónimo
    12 jul, 2018 20:36
    No Reino Unido apenas 17% têm uma boa opinião sobre Trump. Em Portugal nem a essa percentagem chega pois não conheço um único português que goste de Trump. Só mesmo a escumalha das caixas de comentários, que é uma minoria ínfima do país e não representa os portugueses.