O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Ténis

Final do Open da Austrália de 2016 reeditada na decisão de Wimbledon

12 jul, 2018 - 16:13

Tu outra vez? Angelique Kerber e Serena Williams reencontram-se em mais uma final de um torneio do "Grand Slam". Sábado à tarde, há duelo de titãs na relva londrina do All England Club.
A+ / A-

Angelique Kerber e Serena Williams vão defrontar-se na final do torneio de Wimbledon, na categoria de "singles" femininos.

E esta será a reedição da final do Open da Austrália de 2016, na qual Kerber levou a melhor sobre a mais nova das "manas" Williams.

A alemã, atual 10ª do "ranking" WTA, bateu a letã Jelena Ostapenk (12ª) na primeira partida das meias-finais.

Kerber levou a melhor com um duplo 6-3 e o tempo de jogo (1h09m) atestam a forma relativamente fácil mas responsável como a germânica garantiu o passaporte para a final.

Já Serena Williams desembaraçou-se de outra alemã, desta feita Julia Goerges em dois "sets", com os parciais de 6-2 e 6-4.

A norte-americana, de 36 anos, no 181º posto da hierarquia mundial, tenta voltar a vencer a "saladeira" de Wimbledon dois anos depois.

A final de "senhoras" do All England Club arranca às 11h00 da manhã de sábado, no "court" central.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.