O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Bruno de Carvalho é recandidato à presidência do Sporting e o objetivo é o título europeu

11 jul, 2018 - 20:38

Promete rigor nas contas e repete a frase do fundador: “Ser tão grande quanto os maiores”.
A+ / A-

Bruno de Carvalho apresentou a candidatura à presidência do Sporting com o mote “Leais ao Sporting”. "O Sporting precisa de um líder que o ame e respeite incondicionalmente. É uma honra voltar a defender o projeto iniciado em 2011", disse.

O candidato promete rigor nas contas e repete a frase do fundador: “Ser tão grande quanto os maiores”. Bruno de Carvalho elencou o que de bom fez durante os cinco anos de mandato e prometeu "melhorar" e "não voltar a cometer erros para acautelar os superiores interesses do Sporting".

O ex-presidente leonino diz-se "consciente do caminho percorrido, sabemos que queremos fazer mais". "O Sporting quer-se dos sócios e para os sócios. Não existe ADN sem sócios". Candidato quer chegar aos 250 mil sócios nos próximos quatro anos.

Bruno de Carvalho definiu como meta "conquistar um troféu europeu no futebol" e reforçar a hegemonia nas modalidades que "teve o melhor ano de sempre".

Prometida está também a modernização do estádio, que o torne "inteligente e de elite" com novos ecrãs e mais lugares para adeptos.

O candidato diz que continuará a "defender a memória coletiva do Sporting com homenagens" a Aurélio Pereira e aos Cinco Violinos e lembrou as lutas que travou como a do reconhecimento de 22 títulos de campeão nacional.

Na equipa de Bruno de Carvalho estão Trindade Barros, para a presidência da MAG e Subtil de Sousa para a presidência do Conselho Fiscal e Disciplinar. A equipa de direção é composta por Alexandre Godinho - único que transita da anterior equipa diretiva - , Pedro Lopes Ferreira, Eric Alkurge, Luís Paulo Rodrigues, Fernando Santos, Rui Henriques e Francisco Sá Carneiro.

O candidato defende "o máximo de candidatos possível" à corrida eleitoral leonino e nega fazer comentários sobre a atual gestão transitória liderada por Sousa Cintra.

De recordar, no entanto, que Bruno de Carvalho é alvo de processo disciplinar do Sporting, que poderá inviabilizar a sua candidatura. Bruno de Carvalho foi destituído por 71% dos votos dos sócios na Assembleia Geral de 23 de junho. As eleições estão marcadas para 8 de setembro.

[em atualização]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel
    12 jul, 2018 Moura 11:36
    Coitado já devia estar internado há tempo!
  • VICTOR MARQUES
    12 jul, 2018 Matosinhos 10:45
    Se existem pessoas de quem tenho pena são dos alienados...
  • Cala-te urso
    12 jul, 2018 Lisboa 05:19
    A parvovirose em estado avançado.
  • Guilherme
    12 jul, 2018 Guia 00:16
    "Título europeu" Outra vez, Não!
  • 11 jul, 2018 21:09
    Quem MENTE uma vêz, MENTE SEMPRE. É dito antigo.