A+ / A-

Tailândia. Jovens resgatados perderam cerca de dois quilos

11 jul, 2018 - 06:44

Segundo as autoridades de saúde, os rapazes estão de boa saúde e sem sinais de stress.
A+ / A-

Os 12 rapazes e o treinador que foram resgatados da gruta de Tham Luang, no norte da Tailândia, perderam em média dois quilos durante o tempo em que estiveram encurralados.

Os últimos a serem retirados estiveram presos durante 17 dias. Nos primeiros nove dias, antes de serem encontrados pelos mergulhadores, os rapazes não tinham acesso a comida nem a água potável. O treinador, que estava com eles, partilhou a comida que tinha levado e, por isso, era o mais fraco do grupo.

Depois do resgate, na terça-feira, foram levados para um hospital a cerca de 70 quilómetros da gruta e juntaram-se aos restantes elementos da equipa de futebol que já lá estavam em quarentena.

Segundo as autoridades de saúde tailandesas, os jovens estão, em geral, de boa saúde e sem sinais de stress. Foram administradas vacinas contra a raiva e o tétano a todos. Um dos últimos grupo a sair tem uma infeção pulmonar.

“Pela avaliação que fizemos, eles estão em boas condições e não estão sob stress. A maioria dos meninos perdeu, em média, dois quilos”, disse um membro da autoridade de saúde tailandesa aos jornalistas.

Os pais dos primeiros quatro rapazes resgatados no domingo já puderam vistá-los no hospital, mas tiveram de usar fatos e ficar a cerca de dois metros, por precaução.

Missão cumprida. 17 dias depois, crianças tailandesas e treinador estão a salvo
Missão cumprida. 17 dias depois, crianças tailandesas e treinador estão a salvo

Uma boa notícia que correu mundo

Um pouco por todo o mundo celebrou-se o sucesso do resgate das crianças e do treinador de futebol. Nas redes sociais, circularam vários cartoons e mensagens de esperança, alívio e agradecimento aos mergulhadores.

Esta terça-feira, no motor de busca da Google foram feitas mais de 350 milhões de pesquisas com as palavras “resgate gruta Tailândia”.

O drama tailandês teve também ecos no campeonato do mundo, na Rússia. Vários jogadores das seleções ainda em jogo, em particular da França e da Inglaterra, escreveram no Twitter sobre o assunto.

Pogba dedicou a passagem da França à final do Mundial aos “heróis do dia” da equipa de futebol dos “Javalis Salvagens”.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.