A+ / A-

EUA. Tribunal rejeita detenções de “longo prazo” de crianças migrantes

10 jul, 2018 - 01:37

Administração tem até ao fim desta terça-feira para reunir famílias separadas com crianças abaixo dos 5 anos.
A+ / A-

Um tribunal da Califórnia rejeitou o pedido da administração Trump que pretendia aprovar a possibilidade de haver detenções “de longo prazo” de crianças imigrantes ilegais.

Esta decisão surge na véspera de terminar o prazo dado por outro tribunal para que as famílias migrantes separadas pela política de "tolerância zero" sejam reunidas. O prazo aplica-se a crianças menores de cinco anos, enquanto os restantes devem ser reunidos até dia 26 de julho.

Serão cerca de três mil as crianças que foram separadas das famílias e, pelo menos, 100 tem menos de cinco anos, segundo dados do ministro da Saúde dos Estados Unidos.

Várias fontes, citadas por media norte-americanos, indicam que o prazo (10 de julho) não vai ser cumprido para todas as famílias.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    10 jul, 2018 14:55
    Sanções internacionais aos EUA já!