O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Mundial 2018

Roberto Martínez. A "geração maravilhosa" para enfrentar "oportunidade única"

09 jul, 2018 - 20:35

Selecionador da Bélgica projeta embate com a França, nas meias-finais do campeonato do mundo.
A+ / A-

O selecionador da Bélgica, o espanhol Roberto Martínez, acredita que com "uma geração maravilhosa" vai enfrentar "uma oportunidade única" de guiar a sua equipa à final do Mundial 2018.

"Este grupo, esta geração, são maravilhosos. É um plantel que dá sempre o máximo e é capaz de competir a um nível alto. Não há mais segredos, aspetos ou razões específicas. É o grupo que conta", afirmou esta segunda-feira, durante a antevisão do encontro das meias-finais, frente à França.

Martínez considera que a vitória sobre o Brasil, nos quartos-de-final, deu mais "convicção" para o resto da prova e subiu a autoestima do grupo. Enfrentar a seleção gaulesa, campeã mundial em 1998, é "um aliciante maior" para o que já é "uma grande oportunidade para todos".

Bélgica e França disputam um lugar na final do Mundial 2018 na terca-feira, pelas 19h00 num jogo marcado para São Petersburgo e que será dirigido pelo árbitro uruguaio Andrés Cunha, com o português Artur Soares Dias como vídeo-árbitro.

O jogo terá informações na antena da Renascença e acompanhamento em rr.sapo.pt.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.