O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Rainha de Inglaterra não vai ao batizado do príncipe Louis. O que se sabe da cerimónia

09 jul, 2018 - 10:17

Louis Arthur Charles é batizado, esta segunda-feira, numa cerimónia privada.
A+ / A-

A rainha de Inglaterra e o marido não estarão presentes no batizado do príncipe Louis, esta segunda-feira, às 16h00. Isabel II não consta da lista dos presentes na cerimónia, divulgada pela casa real britânica.

A cerimónia decorre na capela real do palácio de Saint James, em Londres, a mesma onde foi batizado o irmão mais velho, o príncipe George. Será um evento privado, de cerca de 40 minutos, apenas com a presença de alguns familiares próximos, incluindo os avós e tios.

Louis terá três padrinhos (Nicholas van Cutsem,Guy Pelly eHarry Aubrey-Fletcher) e três madrinhas (Laura Meade, Robert Carter e Lucy Middleton), todos amigos ou familiares dos pais.

Depois da cerimónia, será servido um chá e bolo aos convidados, na Clarence House, a residência oficial do Príncipe Carlos. O doce será de uma camada retirada do bolo de casamento de Kate e William, seguindo a tradição real.

O príncipe Louis vestirá uma réplica feita à mão do vestido real de batizado. A peça original, em seda, cetim e renda, foi mandada fazer pela rainha Vitória para o batizado da sua primeira filha e foi utilizada durante 167 em batizados reais. Em 2008. a rainha Isabel II encomendou uma réplica do traje, de forma a preservar a peça original.

Durante a cerimónia vai ser a Lily Font, uma centenária fonte real que também tem sido utilizada em todos os batizados reais. Tal como os irmãos, Louis Arthur Charles vai ser batizado água do rio Jordão.

Louis Arthur Charles nasceu a 23 de abril. O príncipe Louis de Cambridge é o sexto bisneto da rainha Isabel II e o quinto na linha de sucessão ao trono, depois do avó, o Príncipe Carlos, o pai, o Príncipe William, o irmão, o Príncipe Jorge, e a irmã, a Princesa Charlotte.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    09 jul, 2018 14:45
    Estamos em 2018 e ainda há batizados... Bem, antes isso que os rituais de mutilação genital que há em algumas religiões. Esses sim são completamente deploráveis.