A+ / A-
Janne Andersson

Suécia avisa Inglaterra. "Somos fáceis de analisar mas difíceis de derrotar"

06 jul, 2018 - 15:32

Selecionador dos nórdicos projeta embate com os britânicos, para os quartos-de-final do campeonato do mundo.
A+ / A-

O selecionador sueco considera que o futebol praticado pela sua equipa até pode ser "fácil de perceber" mas será "difícil de bater" no Mundial 2018, no qual defrontará no sábado a Inglaterra, nos quartos-de-final.

"Tem sido comentado que a nossa equipa é fácil de analisar mas difícil de derrotar. Penso que é uma boa descrição", observou Janne Andersson, em conferência de imprensa, confrontado com o estilo considerado demasiado defensivo da seleção nórdica.

O treinador assinalou que os jogadores "são muito fiéis a esta ideia de jogo" e é com esse "ADN" que aponta a vencer os britânicos e atingir as meias-finais de um campeonato do mundo pela primeira vez em 24 anos, reeditando a proeza alcançada em 1994, nos Estados Unidos.

"Já disputámos vários jogos para chegar a esta fase e sempre lidámos com a pressão da mesma forma. Não pensamos fazer nada de diferente em relação a este jogo, nem a mais, nem a menos", afirmou Janne Andersson, que, para já, não perde tempo em pensar na conquista do título.

O Suécia-Inglaterra arranca às 15h00 de sábado, em Samara. Jogo com acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.