A+ / A-
Mundial 2018

E no fim, perde a Alemanha

27 jun, 2018 - 16:57

A campeã do mundo perdeu diante da Coreia do Sul, por 2-0, e saiu da Rússia sem glória. Kim e Son afundaram a Alemanha, que nunca antes caíra na fase de grupos de um Mundial.
A+ / A-

A Alemanha foi eliminada do Mundial na fase de grupos. A campeã do mundo perdeu diante da Coreia do Sul, por 2-0, e saiu da Rússia sem glória.

Diz o ditado que o futebol é um jogo simples: são 11 contra 11 e no fim ganha a Alemanha. Como toda a teoria científica, precisa de ser testada para passar a facto. Os pupilos de Joachim Low deram razão ao empirismo, esta quarta-feira, com a derrota que os afastou do Campeonato do Mundo. No fim, enfim, perdeu a Alemanha.

Esta história começa com a derrota diante do México, por 1-0. "El Tri" expôs uma seleção germânica desinspirada, lenta, ineficaz e frágil na defesa. Contudo, não havia razão para grande alarme, já que uma derrota do campeão do mundo no jogo de estreia era tradição. Um golo quase milagroso de Kroos, aos seis minutos de descontos do jogo frente à Suécia, fez acreditar que havia Alemanha para o Mundial. Afinal, uma vitória (2-1) assim é uma injeção de moral. Nada mais errado.

Esta quarta-feira, confirmou-se o pior. Ou o melhor, dependendo da perspetiva. A Alemanha atacava, mas embatia sempre na defesa da Coreia, na exibição brilhante do guarda-redes Jo Hyeonwoo e na própria ineficácia e desinspiração. Do outro lado, os coreanos destilavam veneno sempre que exploravam o contra-ataque e só as várias decisões erradas, na hora do último passe e da finalização, os impediam de ter prémio.

Três minutos depois dos 90, a Coreia do Sul foi feliz. Canto batido para a área da alemanha, os coreanos insistiram e, inadvertidamente, Kroos atrasou Kim Younggwon, que junto ao poste descoberto não perdoou. O árbitro tinha anulado o golo, no entanto, depois de recorrer ao VAR, verificou que, fruto do atraso, Kim não estava em fora-de-jogo.

A Alemanha reagiu e desperdiçou alguns golos, permitindo, igualmente, que a defesa e o guarda-redes coreanos aumentassem a lenda. Até Neuer se incorporou no ataque, em tentativa desesperada de marcar. E foi isso que condenou a Alemanha. O guarda-redes do Bayern perdeu a bola, perto da área coreana, e Ju Sejong rematou de imediato para a baliza contrária. Son Heung-min acreditou e, mesmo antes de a bola sair pela linha de final, empurrou-a para o fundo das redes, para a sentença final.

A "Maanschaft" nunca tinha ficado pela frase de grupos de um Mundial. A derrota relegou a Alemanha para o último lugar do grupo, com três pontos, os mesmos da Coreia, que é terceira. A Suécia subiu ao primeiro lugar, com seis pontos, tantos quando o México, que ficou em segundo.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 27 jun, 2018 17:05
    O que a velha perdeu??