O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Vuvuzelas iranianas perturbam seleção nacional

25 jun, 2018 - 00:44

Foi necessário pedir reforço policial para garantir o sossego da equipa de Fernando Santos em véspera de jogo decisivo.
A+ / A-
Vuvuzelas iranianas perturbam noite da seleção nacional
Vuvuzelas iranianas perturbam noite da seleção nacional

Um grupo de adeptos do Irão com vuvuzelas tentaram perturbar o descanso da equipa das quinas junto ao hotel em Saransk, na Rússia.

O barulho foi tanto que o capitão da seleção, Cristiano Ronaldo, veio à janela pedir silêncio aos iranianos.

Depois de alguns minutos em que o pedido foi acatado, a algazarra voltou e obrigou a federação portuguesa de futebol a pedir a intervenção das autoridades locais.

A segurança foi reforçada em redor do hotel, o trânsito foi cortado e condicionado o acesso de peões nas ruas adjacentes.

Já depois da meia-noite, hora local, foi restabelecida a tranquilidade.

Portugal e Irão defrontam-se esta segunda-feira, a partir das 19h00, para a terceira jornada do grupo B no Mundial de futebol da Rússia. Aos campeões da Europa basta o empate. Já ao Irão só a vitória interessa.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    25 jun, 2018 18:39
    Mas as vuvuzelas não tinham sido proibidas?