A+ / A-
visto de bruxelas

Mais dinheiro para Moedas

08 jun, 2018 - 13:40

Foi uma semana luminosa para o Comissário Europeu Carlos Moedas, que viu aprovada a proposta de Orçamento para a Ciência e Inovação. O Horizonte Europeu, para o período 2021-2027, vai dispor de 100 mil milhões de euros.
A+ / A-
Visto de Bruxelas (08/06/2018)
Visto de Bruxelas (08/06/2018)

Esta foi também a semana em que Bruxelas aprovou uma lista de produtos importados dos Estados Unidos que vão passar a pagar taxas de 25%. É a resposta da Comissão Europeia às taxas aplicadas pelos americanos ao aço e alumínio.

Foi ainda esta semana que o Parlamento Europeu assinalou os 30 anos do Prémio Sakharov com a organização de uma exposição e de uma conferência. Um dos convidados foi Dom Zacarias Kamwenho - distinguido em 2011; e que em declarações à Renascença aludiu à importância do prémio no despertar do mundo para o drama da guerra em Angola.

Esta semana, Munique acolheu as jornadas do Partido Popular Europeu e foi lá que o Comissário para o Orçamento, Gunter Oettinger considerou aceitável o corte de 7% nos fundos de coesão para Portugal. Mas, apesar de Gunter Oettinger considerar aceitável o corte nos fundos de coesão para Portugal, o eurodeputado social-democrata Paulo Rangel considera que continua a haver espaço para a negociação. Em entrevista à Renascença, no final das Jornadas do Partido Popular Europeu, Rangel criticou os sinais de conformismo do Governo português, perante uma proposta que "é contra a convergência".


Este conteúdo é feito no âmbito da parceria Renascença/Euranet Plus – Rede Europeia de Rádios. Veja todos os conteúdos Renascença/Euranet Plus

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.