A+ / A-

Agente da PSP retirada de urgência da Rep. Centro-Africana

15 jun, 2018 - 06:50

Contraiu malária e a sua situação necessitava de cuidados médicos especiais.
A+ / A-

Uma agente da Polícia de Segurança Pública, em estado muito grave, foi retirada esta madrugada da República Centro-Africana.

A agente Rosa Gomes contraiu malária e a sua situação necessitava de cuidados médicos que não podiam ser prestados no local, apurou a Renascença.

A PSP solicitou apoio ao Estado-Maior General das Forças Armadas para transportar a agente.

O Falcon, da Força Aérea Portuguesa, aterrou em Figo Maduro por volta às 5h30 e a agente foi levada para o Hospital Militar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.