O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Mundial 2018

Neymar e o 7-1 de 2014. "Comigo em campo, o resultado teria sido outro"

14 jun, 2018 - 12:36

O craque brasileiro lamenta não ter podido disputar esse jogo. Se reencontrar a Alemanha, na Rússia, Neymar quer "vingança".
A+ / A-

Neymar acredita que, com ele em campo, o Brasil não teria perdido por 7-1, frente à Alemanha, nas meias-finais do Mundial 2014, de que a seleção "canarinha" foi anfitriã.

"Gostaria muito, muito de jogar essa partida outra vez. Comigo em campo", esclareceu o craque brasileiro, em entrevista ao portal alemão "spox.com". "Creio que o resultado teria sido outro. Mais, estou certo disso. Infelizmente, o destino decidiu de forma diferente. Tenho de aceitar isso, ainda que continue a ser difícil", acrescentou.

O avançado não disputou o fatídico jogo em Belo Horizonte, fruto de uma lesão sofrida nos "quartos", diante da Colômbia. "Foi uma derrota enorme, para todos os brasileiros. Para mim também, porque apesar de não estar em campo, era parte da equipa", lamentou.

Neymar reconheceu que as expectativas depositadas sobre o Brasil, nesse Mundial, eram "desumanas". Além disso, a Alemanha era "um adversário excelente". O craque do PSG prefere olhar em frente, na Rússia: "Temos agora a oportunidade de apagar o último Mundial".

Se o Brasil voltar a encontrar a Alemanha, Neymar já sabe o que pretende: "Nesse caso, espero que haja uma verdadeira vingança".

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    14 jun, 2018 22:05
    Um jogador não faz a equipa. A verdade é que a defesa brasileira foi desastrosa e a equipa alemã destruiu-os. Qual seria a diferença com Neymar? Perdiam 7-2 em vez de 7-1?