O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

"Jazz na caixa" para aproximar público e artistas

14 jun, 2018 - 12:07 • Isabel Pacheco

O festival decorre nos três últimos fins-de-semana de Junho, em Joane.
A+ / A-

O jazz visita a vila de Joane, Vila Nova de Famalicão, de 15 a 30 de Junho, para fins de semana de “Jazz na Caixa”.

O mote serve, não só, para dar nome ao festival , mas também de convite ao público: "O público e os músicos estão no palco juntos, como numa sala de estar, mas dentro de uma caixa simulada e com lotação limitada a 60 pessoas. É mesmo dentro de uma caixa simulada num auditório. É por isso que se chama 'Jazz na Caixa'”, explica Tiago Machado, da organização.

Levar este estilo de música “pouco comum aos meios rurais” é objetivo assumido pela organização do festival: “O jazz está associado a uma elite, mas não tem de ser. É uma questão de como se apresenta as coisas. Daí, a aproximação do público e dos artistas. No fim dos concertos, haverá um encontro com os artistas. É uma forma de conhecer melhor o trabalho destes músicos que, muitas vezes, andam escondidos como os músicos de jazz”.

Desde o mais convencional ao mais contemporâneo, vai poder-se ouvir um pouco de tudo neste festival organizado pela Associação Teatro Construção, em parceria com a Associação Luso-galaica para a promoção do Jazz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.