A+ / A-

Luís Natário espera que não haja "liderança bicéfala" no Sporting

14 jun, 2018 - 12:45 • Rui Viegas

Antigo membro da mesa da Assembleia Geral do Sporting analisa a "chegada" da comissão de gestão a Alvalade, apesar de Bruno de Carvalho não lhe reconhecer legitimidade.
A+ / A-

Logo que seja conhecida a comissão de gestão do Sporting nomeada por Jaime Marta Soares, esta deve começar a trabalhar de imediato. "Bruno de Carvalho não pode nem deve continuar" a desempenhar funções em Alvalade, sublinha Luís Natário, em declarações a Bola Branca.

"Assim que for nomeada, a comissão de gestão pode entrar em funções e começar a trabalhar o mais rápido possível. No meu entender, a partir daí, o Bruno de Carvalho não deverá trabalhar no Sporting, até haver uma decisão [final]. Mas, para já, não", refere o antigo membro da mesa da Assembleia Geral (MAG), para quem não "fará sentido" que a comissão de gestão e a atual direção trabalhem mesmo espaço físico.

Luís Natário defende que a legitimidade está do lado de Marta Soares.

"Das duas, uma: ou há legitimidade, que entendo que há, do presidente da MAG, ou não há. Está previsto nos estatutos que a legitimidade é do presidente da MAG. A partir do momento em que Bruno de Carvalho não aceita e nomeia uma Comissão Transitória, está, claramente, a violar os estatutos de uma forma grosseira. E, a partir do momento em que se violam os estatutos, é evidente que não resta outra solução que não seja esta comissão de fiscalização levantar-lhe um processo disciplinar".

O antigo membro da MAG com o presidente Godinho Lopes, embora eleito nas listas do actual líder leonino, deixa um "lamento final", a propósito da crise leonina, que considera "absolutamente inexplicável".

"Bruno de Carvalho já devia ter percebido que, neste momento, não há condições para continuar no Sporting. Se depois entender recandidatar-se, que se recandidate. Os sócios é que mandam. Se acharem que ele deve continuar, que continue. Se acharem que não deve continuar, outras pessoas estarão disponíveis para vir e ajudar o clube”, completa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    14 jun, 2018 Viseu 17:20
    Bruno de Carvalho não é digno de estar no Sporting: envergonha os sportinguistas e todas as pessoas de bem!