A+ / A-

Ricciardi alerta que crise sem fim à vista deixa Sporting em risco de insolvência

14 jun, 2018 - 09:48

O banqueiro e sócio do Sporting lamentou à "CMTV" que a situação se venha a arrastar e previu "danos irreversíveis".
A+ / A-

José Maria Ricciardi, banqueiro e sócio do Sporting, afirmou, esta quinta-feira, à "CMTV" que a SAD leonina corre risco de insolvência.

"O Sporting corre o risco de não ter liquidez para fazer face aos seus compromissos nesta atual situação, que se vai arrastar", referiu Ricciardi, em reação à suspensão de Bruno de Carvalho, decretada pela comissão de fiscalização nomeada pela mesa da Assembleia Geral (MAG) e resposta negativa do presidente do Sporting e da Comissão Transitória da MAG nomeada pelo Conselho Diretivo que ele lidera.

Ricciardi não vê luz ao fundo do túnel e acredita que haverá "danos irreversíveis". Caso a situação não mude rapidamente de figura, os sócios vão "assistir a uma nova ida para os tribunais".

"Tudo isto se vai arrastar e vamos assistir a novas rescisões do plantel do Sporting e o clube ficará em situação financeira cada vez mais difícil", lamentou Ricciardi, que considera que, "se as coisas tivessem corrido normalmente", com qualificação para a Liga dos Campeões e sem rescisões unilaterais, "o Sporting tinha um plantel valiosíssimo".

Ricciardi continua que os planos que estavam em marcha previam que o Sporting ficasse numa "situação líquida muito mais forte". A atitude de Bruno de Carvalho, nos últimos meses, "deitou tudo a perder".

"De tal maneira que pergunto como vai ser possível reerguer uma SAD que está a levar um rombo de centenas de milhões de euros", sublinhou, acrescentando que "as pessoas não estão a perceber as consequências a nível social e político que pode ter uma situação de insolvência da SAD do Sporting, que é a mola de qualquer clube". Ricciardi alertou que, com o arrastamento da crise, o Sporting está "numa situação limite".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Fernando Machado
    14 jun, 2018 Porto 14:54
    Ilustre senhor Banqueiro: Vossa Excelência diz: que a crise sem fim à vista deixa o Sporting em risco de insolvência ? Prevê danos irreversíveis ? Tem dúvidas ? Meu caro senhor: a coisa está perdida.
  • 14 jun, 2018 palmela 11:40
    O tempo que esse jose manuel pureza foi entregar essa cena contra os vistoa gold na assembleia da republica devia entregar uma cena para proibir que deputados fossem comentadores de futebol!