O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Marinha inativa mina ao largo das Berlengas

14 jun, 2018 - 07:07

O engenho foi avistado por uma embarcação de pesca.
A+ / A-

Os mergulhadores da Marinha inativaram um engenho explosivo descoberto a cerca de 1 milha (1,8 km) a sul das ilhas Berlengas. O alerta foi dado por pescadores.

Uma embarcação a operar naquele local, na quarta-feira de manhã, informou a Polícia Marítima de Peniche sobre o avistamento de um engenho à deriva.

Uma lancha deslocou-se para o local para realizar o acompanhamento do objeto e interditar a área por questões de segurança.

“Pelas 13h00, após garantidas todas as condições de segurança, a equipa do Destacamento de Mergulhadores Sapadores da Marinha, constituída por três elementos, deslocou-se para o local numa embarcação do Instituto de Socorro a Náufragos para realizar a inativação do engenho por denotação”, descreve a nota oficial.

Como não foi possível confirmar a inscrição do engenho, as autoridades presumiram que se seria uma mina de fundear de exercício.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.