O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

ONU condena violência de Israel contra civis palestinianos

13 jun, 2018 - 22:50

Documento também critica ataques contra zonas israelitas mas não critica o Hamas.
A+ / A-

A Assembleia-Geral das Nações Unidas condena Israel pelo uso excessivo de força contra civis palestinianos e pede a António Guterres que recomende a criação de um “mecanismo de proteção internacional”.

A resolução, apresentada por Argélia e Turquia, passou com 120 votos a favor, oito contra e 45 abstenções.

O texto condenou também o disparo de rockets de Gaza contra áreas israelitas civis, mas sem mencionar o Hamas.

“A natureza da resolução demonstra claramente que a política está a conduzir o dia. É totalmente parcial. Não faz menção aos terroristas do Hamas, que habitualmente iniciam a violência em Gaza”, referiu Nikki Haley, embaixadora dos Estados Unidos na ONU.

Mais de 120 palestinianos morreram desde 30 de março.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.