O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Agressões em Alcochete

Juiz considera que Bruno de Carvalho potenciou clima de animosidade

12 jun, 2018 - 15:27

A TVI teve acesso ao despacho que determinou a prisão preventiva dos últimos quatro arguidos no caso das agressões na Academia de Alcochete.
A+ / A-

As declarações de Bruno de Carvalho são entendidas, pelo juiz do tribunal do Barreiro, como a ignição para o agravar do sentimento de animosidade que alguns elementos da claque Juventude Leonina manifestaram para com os jogadores e a equipa técnica do Sporting.

A TVI teve acesso ao despacho que determinou a prisão preventida de Fernando Mendes, antigo líder da Juve Leo, e outros três arguidos. O juiz determina que as críticas de Bruno de Carvalho ao plantel, publicadas nas redes sociais, "potenciaram o clima de animosidade que já existia entre a Juve Leo, os jogadores e a equipa técnica, face a alguns inêxitos de resultados desportivos".

Conclui, ainda, que os arguidos, recentemente detidos, foram a Alcochete com o objetivo de agredir os jogadores e os treinadores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.