A+ / A-

Tal pai, tal filho. Cristianinho deu espetáculo no relvado da Luz

07 jun, 2018 - 23:12

Após o último teste para o Mundial da Rússia, Cristiano Ronaldo e o filho jogaram à bola durante alguns minutos. Cristianinho marcou um golo de levantar o estádio.
A+ / A-

O árbitro apitou para o final do Portugal – Argélia, que a seleção nacional venceu por 3-0, e começou o show de Cristianinho, o filho mais velho de Cristiano Ronaldo.

Após o último teste para o Mundial da Rússia, pai e filho foram protagonistas de um momento de cumplicidade em pleno relvado do estádio da Luz.

Os dois começaram um jogo à parte. Brincaram com a bola, trocaram alguns passes e sorrisos perante o aplauso dos adeptos que ainda continuavam nas bancadas.

O ponto alto deste momento especial foi um golo de levantar o estádio apontado por Cristianinho - talvez o melhor da noite.

Vestido com a camisola da seleção, número 7 nas costas, o filho do Bola de Ouro rematou de pé direito, na zona da marca de grande penalidade, a passe de CR7.

A bola descreveu um arco e entrou no ângulo superior esquerdo da baliza defendida por outra criança.

“Gooolo”, gritou-se nas bancadas. Cristianinho é bom de bola. Tem a quem sair.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mabo balde
    09 jun, 2018 Guiné-bissau 19:54
    Cr7 deve consederado o jogador mais valioso do mundo....
  • benjamin
    08 jun, 2018 famalicão 09:51
    Este miúdo, já está escarrapachado nas páginas dos jornais..porque é filho do CR7, logo, de acordo com a leitura da nossa imprensa, só tem uma designação: brilhante!