A+ / A-

Papa diz que desporto pode abrir o caminho para Cristo

01 jun, 2018 - 11:00 • Ecclesia

Francisco publicou mensagem sobre documento do Dicastério para os Leigos, Família e Vida dedicado ao desporto, cujos valores são "escola de virtudes" e fonte de inspiração para a humanidade.
A+ / A-

O Papa saudou, esta sexta-feira, a publicação do primeiro documento da Santa Sé sobre a prática desportiva, intitulado "Dar o melhor de si", numa mensagem em que elogia dos valores associados a esta área.

“O desporto é um lugar de encontro, onde pessoas de todos os níveis e condições sociais se unem para atingir um objetivo comum”, escreveu Francisco.

O texto do Dicastério para os Leigos, Família e Vida é publicado a duas semanas do início do Campeonato do Mundo de Futebol masculino, que vai decorrer na Rússia.

“É necessário aprofundar a estreita relação que existe entre o desporto e a vida, para que possam iluminar-se reciprocamente, a fim de que o afã de superação numa disciplina atlética sirva também de inspiração para melhorar sempre como pessoa em todos os aspetos da vida”, lê-se na mensagem papal.

Francisco recorda que as novas gerações admiram e procuram inspiração nos desportistas. “É necessária a participação dos desportistas para que todos os que fazem parte do mundo do desporto sejam um exemplo de virtudes como a generosidade, a humildade, o sacrifício, a persistência e a alegria”, assinala.

O Papa explica que o novo documento do Vaticano procura “ressaltar o papel da Igreja no mundo do desporto” e como este pode ser “instrumento de encontro, de formação, de missão e santificação”.

“Numa cultura dominada pelo individualismo e o descarte das gerações mais jovens, o desporto é um âmbito privilegiado, em volta do qual as pessoas encontram-se sem distinção de raça, sexo, religião ou ideologia”.

O pontífice considera o desporto como um “catalisador” de experiências de comunidade, de “família humana”, e como um “veículo de formação”.

Francisco dedica uma parte da mensagem ao papel do desporto como meio de “missão e santificação” para os católicos.

“O desporto pode abrir o caminho para Cristo nos lugares ou ambientes onde, por diversos motivos, não é possível anunciá-lo de maneira direta. As pessoas, com o seu testemunho de alegria, com a prática desportiva na comunidade, podem ser mensageiras da Boa Nova”, sustenta.

O Papa conclui a sua mensagem com um pedido de oração por si a todos os que fazem parte da “grande ‘equipa’ do Senhor Jesus”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.