A+ / A-

César Boaventura: "O Benfica em momento algum me pediu para exercer qualquer tipo de corrupção"

30 mai, 2018 - 16:22

Empresário reage nas redes sociais ao alegado envolvimento em caso de tentativa de aliciamento a jogadores do Marítimo. No jogo realizado em dezembro de 2016, as águias perderam na Madeira, por 2-1, para o campeonato.
A+ / A-

César Boaventura garante não estar envolvido no alegado aliciamento a jogadores do Marítimo. O "Correio da Manhã" noticiou, esta quarta-feira, que o empresário seria suspeito de tentar aliciar quatro jogadores para o jogo contra o Benfica, nos Barreiros, da época passada, que os madeirenses acabaram por vencer.

Boaventura utilizou a página pessoal do Facebook para garantir que "o SL Benfica em momento algum" lhe pediu "para exercer qualquer tipo de corrupção". Sendo que a relação entre o clube da Luz e o empresário "sempre pautou pela honestidade", tal como refere.

O empresário nega conhecer Patrick, um dos jogadores alegadamente envolvidos. "De referir um nome, avançado pela 'CMTV', Patrick, que não conheço pessoalmente e nunca falei com ele", garantiu.

César Boaventura denunciou uma "cabala para detonar o Benfica" e assegurou que "não existem provas" do seu envolvimento. O empresário acrescentou, ainda, estar "disponível para tudo em benefício da verdade".

"Estejam descansados que eu não vou para Vigo, nem compro casa em Cabo Verde. A injustiça é negra, mas a transparência não tem cor", ironizou, a terminar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.