O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Ciclismo. Froome vence Volta a Itália

27 mai, 2018 - 20:03

O português José Gonçalves terminou na 14.ª posição.
A+ / A-

O ciclista britânico Chris Froome (Sky) reeditou as proezas do belga Eddy Merckx e do francês Bernard Hinault, ao conquistar a Volta à Itália de 2018. A última etapa foi vencida pelo irlandês Sam Bennett (Bora-hansgrohe).

A consagração, em Roma, sucedeu às de 2017, no Tour e na Vuelta, permitindo a Froome tornar-se o primeiro ciclista a vencer as três principais provas velocipédicas de forma consecutiva, depois de Merckx (entre 1972 e 1973) e Hinault (entre 1982 e 1982).

A 21.ª etapa da Volta a Itália - que Froome conquistou pela primeira vez --, integralmente disputada em Roma, na extensão de 115 quilómetros, foi vencida ao 'sprint' por Bennett, que se impôs com o tempo de 2:50.49 horas.

Froome cruzou a meta ao lado dos colegas na equipa Sky e terminou com 46 segundos de vantagem sobre o holandês Tom Dumoulin (Sunweb) e 4.57 minutos sobre o colombiano Miguel Angel Lopez (Astana).

O português José Gonçalves (Katusha-Alpecin) terminou o Giro na 14.ª posição da classificação geral, a 34.29 minutos de Froome.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.