O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Alex Telles

Derrota no Restelo foi momento "marcante" para o Porto e promoveu união

18 mai, 2018 - 13:54

Alex Telles lamenta que Rui Vitória não tenha reconhecido o mérito do FC Porto na conquista do título e pede desculpa pela mensagem contida num cachecol que ostentou na festa dos Aliados.
A+ / A-

Alex Telles reconhece que a derrota com o Belenenses, no Restelo, que retirou o FC Porto da liderança da I Liga, "foi um momento marcante". O lateral-esquerdo revela que os jogadores fizeram reuniões e "a união é que valeu com que a equipa desse a volta por cima".

"Nós sabíamos que só dependia de nós. Se vencêssemos os jogos todos seríamos campeões e foi isso que aconteceu", diz o jogador, em entrevista às três rádios generalistas nacionais, Renascença, TSF e Antena1.

Alex defende o mérito do FC Porto na conquista do título e confessa que é agradável quando os adversários o reconhecem. Rui Vitória não deu os parabéns aos dragões e, apesar de desvalorizar a situação, anota que o "fair-play" devia imperar sobre tudo o resto.

A propósito de desportivismo, houve um momento da festa portista, nos Aliados, que ganhou força mediática. Alex Telles ostentou um cachecol do clube, com um insulto ao Benfica inscrito. O jogador pediu desculpas nas redes sociais e explica, nestas declarações, que "jamais pegaria no cachecol se soubesse o que estava escrito".

"Não estou aqui para falar "tangas". Se quiserem acreditar fico muito feliz. Com tantos cachecóis lançados para o autocarro, num momento de emoção, pegámos, abrimos e basta um segundo para aparecer uma foto. Só vi essa foto quando cheguei a casa e peço desculpa, como já pedi nas redes sociais", contou o jogador.

Alex Telles, de 25 anos, cumpriu a segunda época no FC Porto. O lateral brasileiro foi o rei das assistências, na I Liga, com 12 passes para golo. Tem contrato com os dragões até junho de 2021.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.