A+ / A-
Sporting

23 que invadiram Alcochete indiciados por terrorismo

16 mai, 2018 - 18:55

Conheça os nove crimes de que estão indiciados os 23 suspeitos de agredir jogadores e equipa técnica do Sporting.
A+ / A-

A Procuradoria-Geral da República (PGR) revelou, esta quarta-feira, os nove crimes de que estão indiciados os 23 suspeitos de terem invadido a Academia de Alcochete e agredido jogadores e equipa técnica do Sporting.

Logo à partida, os 23, todos detidos, podem incorrer num crime de terrorismo, de acordo com comunicado divulgado pela PGR. Mas há oito outros crimes que podem ainda ser contemplados.

"Em causa estão factos suscetíveis de integrarem os crimes de introdução em lugar vedado ao público, ameaça agravada, ofensa à integridade física qualificada, sequestro, dano com violência, detenção de arma proibida agravado, incêndio florestal, resistência e coação sobre funcionário e também de um crime de terrorismo", pode ler-se na referida nota.

As diligências relativas aos 23 detidos iniciaram-se às 18h00 de hoje, no Tribunal do Barreiro mas, devido ao "adiantado da hora", os interrogatórios só se iniciarão na manhã de quinta-feira.

[notícia atualizada às 20h39]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.