O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Sporting repudia invasão ao treino e agressões a jogadores

15 mai, 2018 - 18:09

Clube promete tomar "todas as diligências no sentido de apurar cabais responsabilidades pelo que aconteceu" esta terça-feira.
A+ / A-

O Sporting emitiu comunicado a repudiar a invasão à Academia e as agressões a jogadores e elementos da equipa técnica.

"O Sporting Clube de Portugal repudia de forma veemente os acontecimentos registados hoje na Academia Sporting. Não podemos de forma alguma pactuar com actos de vandalismo e agressão a atletas, treinadores e staff do Futebol Profissional, nem com atitudes que configuram a prática de crime que em nada honram e enobrecem o Sporting Clube de Portugal", escreveu o clube leonino, no Facebook.

O comunicado dita que "o Sporting não é isto, o Sporting não pode ser isto" e deixa uma garantia: "Tomaremos todas as diligências no sentido de apurar cabais responsabilidades pelo que aconteceu e não deixaremos de exigir a punição de quem agiu desta forma absolutamente lamentável".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joao Leonel Pinheiro
    15 mai, 2018 Massamá 22:27
    Bruno de Carvalho, semeia ódios, colhe ódios Já estava a adivinhar algo assim faz tempo Todos os sinais estavam lá, só os ceguinhos não percebem Tenho imensa pena que o futebol seja arrastado pela lama