O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

​“Intenção do Feirense não é estragar a festa a ninguém, é pontuar”

05 mai, 2018 - 14:37

Os adeptos do FC Porto vão encher o estádio e querem uma vitória, mas o Feirense quer ficar na I Liga e vai à luta, afirma Nuno Manta Santos.
A+ / A-

O treinador do Feirense assumiu hoje a necessidade de a sua equipa pontuar na visita ao FC Porto, no domingo, em jogo da 33.ª jornada da I Liga de futebol, sem pensar em estragar a festa aos 'dragões'.

"Estamos num momento difícil da época e, por isso, o Feirense tem de conseguir superar-se. É muito importante o Feirense pontuar. Os três pontos é o que idealizamos, mas somar um ponto também é ótimo, sobretudo porque é um jogo em casa de um 'grande'. A intenção do Feirense não é estragar a festa a ninguém, é pontuar. Os adeptos do FC Porto vão encher o estádio e querem uma vitória, mas o Feirense quer ficar na I Liga e vai à luta", afirmou Nuno Manta Santos.

Para isso, o treinador advertiu, em conferência de imprensa, que a sua equipa terá de esta na máxima força no jogo marcado para o Estádio do Dragão, no domingo, a partir das 20:15.

" Falámos dos pontos fortes do FC Porto, que são muitos. O nosso adversário precisa de um ponto para garantir o título e acredito que vai fazer tudo por tudo para vencer o jogo, porque é essa a sua cultura e o seu ADN. O Feirense tem de trabalhar muito, e estar muito focado e concentrado, acreditando que é possível trazer um resultado positivo, os três pontos, e dificultar ao máximo o jogo ao FC Porto, sabendo que é uma tarefa difícil", afirmou.

Nuno Manta Santos considerou o jogo decisivo para as duas equipas e, por isso, garantiu que o Feirense vai aplicar-se ao máximo para contrariar o favoritismo do FC Porto e assegurar a manutenção.

"Não há relaxamento no FC Porto. Daquilo que conheço e vejo, o foco do FC Porto é bater o recorde de pontos e bater o recorde de golos marcados. É isso que vai tentar. Gostava de ter a pressão do FC Porto. Ambas as equipas têm pressão, pois podem garantir amanhã [no domingo] os seus objetivos. Gostava que uma equipa pudesse ser campeã e a outra garantisse a manutenção. Seria um sonho. Mas para os sonhos se tornarem realidade, é preciso trabalhar", vincou.

Para isso, o Feirense, 15.º classificado, com 30 pontos, tem de estar na máxima força frente aos 'dragões', que lideram o campeonato com 82 e até podem iniciar o encontro já com o título de campeão assegurado.

"Sabemos que a margem de erro é mínima e isso obriga a que o nosso foco e concentração sejam maiores. A nossa concentração tem de ser máxima e a nossa vontade e inteligência tem de estar no auge se quisermos trazer pontos. O erro paga-se caro e é isso que queremos diminuir ao máximo, para podermos aproveitar os erros do nosso adversário. Se tivermos de defender todos dentro da área, vamos defender todos", explicou.

Babanco, devido a castigo, Barge, lesionado, e Zé Manuel, que está emprestado pelo FC Porto, são baixas na equipa de Santa Maria da Feira para o jogo da penúltima jornada da I Liga.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.