A+ / A-

WRX. Johan Kristoffersson impõe-se em Montalegre

30 abr, 2018 - 00:24

Finais tiveram lugar debaixo de neve.
A+ / A-

O sueco Johan Kristoffersson (VW Polo R) venceu a prova portuguesa pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralicross, com o francês Sébastien Loeb (Peugeot 208) a terminar na segunda posição, à frente do norueguês Petter Solberg (VW Polo R).

As dificuldades do traçado transmontano aumentaram face às condições atmosféricas, uma vez que se, ontem, o sol brilhou, hoje, a chuva, o vento e a neve marcaram presenças, com as finais a serem acompanhados por flocos brancos.

Ontem, nas qualificações, o francês Sébastien Loeb e o sueco Timmy Hansen (Peugeot 208) foram os mais rápidos, mas hoje com o traçado escorregadio não conseguiram confirmar a superioridade da véspera.

Hoje nas meias-finais, Timmy Hansen e Johan Kristoffersson foram os mais rápidos e na final o segundo arrancou na frente para não mais ser incomodado e somar a segunda vitória do ano, noutras tantas corridas, juntando a vitória em Montalegre ao triunfo alcançado em Barcelona, enquanto o seu adversário dava um “toque”, logo na segunda volta, e atrasava-se, deixando o pódio para Sébastien Loeb e Petter Solberg.

Entre os S1600, vitória do lituano Artis Baumanis (Skoda Fabia), à frente do norueguês Espen Isaksaetre (Peugeot 208), que partiu do último lugar na meia-final e chegou ao segundo lugar do pódio, e do checo Ondrej Smetana (Ford Fiesta).

O Campeonato do Mundo de Ralicross prossegue no traçado belga de Mettt, de 10 a 12 de maio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.