O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

ASAE apreende falso “Serra da Estrela”

17 abr, 2018 - 14:07

Foram apreendidos mais de 1.600 rótulos e cerca de 50 quilos de queijo, no valor de 1.200 euros.
A+ / A-

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu mais de 1.600 rótulos e cerca de 50 quilos de queijo de ovelha por usurpação da Denominação de Origem Protegida “Serra da Estrela”, indica um comunicado hoje divulgado.

No total, a ASAE apreendeu 1.612 rótulos, cerca de 50 quilos de queijo, no valor de 1.200 euros.

A apreensão deveu-se à utilização do nome “serra da Estrela” em queijos cuja produção não reunia os requisitos necessários para essa certificação, quanto à origem da matéria-prima utilizada.

A investigação da ASAE detetou que um estabelecimento de produtos tradicionais no Porto comprou os queijos de ovelha de uma fábrica da zona centro e substituiu os rótulos de origem por outros, fazendo constar que a sua origem seria “serra da Estrela”.

No estabelecimento foram apreendidos 500 rótulos de queijo da serra que seriam colocados nas próximas unidades.

Foi ainda detetado, segundo o comunicado, que a unidade de fabrico produzia queijos para um grupo de restaurantes em Lisboa, cujos rótulos ostentavam a denominação protegida.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.