A+ / A-
Benfica

Varandas Fernandes. "Acredito que Rui Vitória nos vai levar ao penta"

17 abr, 2018 - 12:45 • João Fonseca

O vice-presidente das águias, em declarações exclusivas à Renascença, apela ao apoio dos adeptos no Estoril e confia que os encarnados conseguirão o tão desejado pentacampeonato. Varandas Fernandes recusa criticar Artur Soares Dias, mas não perdoa o ex-dirigente Rui Gomes da Silva.
A+ / A-

Em declarações exclusivas a Bola Branca, João Varandas Fernandes, vice-presidente do Benfica, lamenta a derrota das águias com o FC Porto e a perda da liderança no campeonato, mas não desarma e aposta que Rui Vitória irá conduzir o clube à conquista do inédito "penta".

O dirigente sublinha que o técnico "é bicampeão nacional, uma pessoa extraordinária e um grande treinador". Vitória tem ouvido algumas críticas pelas opções tomadas no confronto com os portistas, mas Varandas Fernandes responde com uma crença: "Eu acredito que é ele [Rui Vitória] que nos vai levar ao penta"

Concretizada a defesa, Varandas Fernandes apela aos adeptos para que estejam em peso a apoiar a equipa na deslocação, sábado, ao Estoril.

"É importante dizer presente e acho que o momento deve ser esse. O momento deve ser justamente de mobilização e de confiança. E, depois, vamos ver o que se passará durante os jogos. Acredito que a equipa vai dar uma boa resposta, acredito nisso", concretiza.

Arbitragem de Soares Dias sem comentários

O dirigente olha em frente, escusando-se a rebobinar a dura derrota com o FC Porto, nem mesmo para falar sobre a atuação de Artur Soares Dias.

"Eu não tenho que criticar porque eu não sou um especialista em arbitragem", diz. O vice das águias lembra que "há pessoas que estão ligadas ao desporto em particular, e ao futebol, que são muito mais competentes para criticar de uma forma construtiva", mas "não é dizer só por dizer, tem que se explicar à base das regras, à base do regulamentos que existem, o que é que foi errado e o que é que não foi errado".

Os críticos e os ataques

Varandas Fernandes garante "união" no universo benfiquista e não gosta de ouvir alguns conhecidos sócios a criticarem o clube publicamente. Sem falar em nomes, Rui Gomes da Silva é um dos alvos do atual dirigente.

"Quando houver eleições, há-de haver divergências. As pessoas podem candidatar-se e esse é o momento ideal para debaterem ideias e conceitos. Agora não. Eu penso que divergir de uma linha que está traçada, que é uma linha com o objetivo de conquistar mais um titulo nacional, é errado. Na minha opinião, a divergência entre sócios que são reconhecidamente benfiquistas e que debatem em espaços públicos não é o mais apropriado", adianta.

Dos críticos internos para os externos, o dirigente defende que este "é um campeonato que se tem desenrolado com ataques sucessivos ao Benfica, com ataques sucessivos aos árbitros que intervêm nos jogos do benfica, com ataques sucessivos a membros da direção do Benfica, com ataques sucessivos ao presidente do Benfica e com ataques sucessivos à estrutura do Benfica".

Sem certezas sobre alegadas alianças, Varandas Fernandes acrescenta que se é "concertada é uma coisa que, no meu ponto de vista, não é correta, não é. É uma coisa deplorável", conclui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Juíz Vermelho
    17 abr, 2018 Catedral da Luz 15:41
    O moço de recados do LFV apressou-se a vir falar em "esperança" , na ausência do dono que anda escondido a ver se o pessoal do dinheiro que viu as ações perderem valor ou os sócios que se lembram do investimento proximo de ZERO esta época, depois de terem saído 3 titularíssimos do mesmo sector, mais o 2º goleador da equipa para o qual não havia substituto - nem para os outros aliás, apesar do Ruben Dias disfarçar um pouco - não dão por ele. Rui Vitória só é culpado de ser um "yes man" que tolera que todos os anos lhe destruam a equipa e lhe deem em troca miúdos inexperientes - "o Seixal chega". "Chega" para quê? Só se for para negociatas e comissões que têm enchido os bolsos a alguns. Mas será RV a arcar com as culpas de ter deixado fugir o titulo no "novo salão de festas do fcp". E então se for ultrapassado pelo zbortingue e o SLB nem ao playoff da Champions for...
  • Mestre Nhaga
    17 abr, 2018 lissabone 15:38
    Grande lata deste senhor! Sem colinho e em jogo jogado limpo não chegas lá, ainda te arriscas é a chegar a 3º ou a 4º. As boas arbitragens são aquelas como em Setúbal, essas sim isentas e limpinhas, ou no dragão na primeira volta. Haja decoro!