A+ / A-
FC Porto

Henrique Jones prevê paragem "nunca inferior a três meses" para Danilo Pereira

04 abr, 2018 - 18:15

O antigo médico da seleção nacional e atual membro do comité médico da UEFA reconhece que o médio do FC Porto deverá falhar o Mundial 2018 e estranha a lesão, que costuma atacar apenas os futebolistas em final de carreira. Danilo tem 26 anos.
A+ / A-

Henrique Jones, durante vários anos médico da seleção nacional e atualmente membro do comité médico da UEFA, antevê uma paragem nunca inferior a três meses para Danilo Pereira

O médio defensivo do FC Porto sofreu uma rotura parcial do tendão de Aquiles da perna esquerda, será operado na quinta-feira e falha o resto da época, incluindo o Mundial. Em entrevista a Bola Branca, Henrique Jones prevê quanto tempo o trinco ficará fora dos relvados.

"As lesões parciais do tendão de Aquiles não são muito frequentes. Tendo em conta a funcionalidade e visto que o tendão de Aquiles é um dos mais importantes na motricidade gestual do futebolista, na melhor das hipóteses, será uma recuperação nunca inferior a três meses. Independentemente da capacidade e potencial de regeneração e de cura e de cicatrização do atleta, é uma lesão que requer alguns cuidados."

Henrique Jones acrescenta que, "prevendo a longevidade desportiva" de Danilo, "terá de haver uma reabilitação cuidada", daí que o antigo médico da seleção considere correta a previsão de que "dificilmente Danilo poderá ser uma opção para o campeonato do mundo", na Rússia.

A lesão do crepúsculo futebolístico

Danilo regressou aos relvados na segunda-feira, no Restelo, atuando nos últimos 20 minutos. Entrou para o lugar de Osorio, regressando aos relvados após dois meses de paragem, motivada por rotura muscular nos gémeos da perna esquerda. Desta feita, a mazela é mais grave.

Henrique Jones explica que a natureza da lesão é rara num jogador de futebol, com a idade do médio do Porto. Danilo Pereira tem 26 anos:

"A lesão do tendão de Aquiles é típica do futebolista em final de carreira. Digamos que é uma lesão dos 35, 40 anos. Muito rara num futebolista mais jovem, embora possa acontecer, dependentemente do mecanismo gestual, e poderá estar associada a processos degenerativos ou inflamatórios do próprio tendão, mas do ponto de vista estatístico e científico, é uma lesão muito pouco frequente antes dos 30 anos."

A época terminou para Danilo, que falha os restantes jogos da temporada do FC Porto e está fora do Mundial. Rúben Neves deverá ser o seu substituto, na convocatória da seleção nacional. Vários companheiros de equipa já enviaram mensagens de apoio e incentivo ao médio portista.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Jorge Carneiro
    05 abr, 2018 Espinho 12:07
    Acabei de atirar a toalha ao chão. Para mim tanto acabou a época para o Danilo (quiçá a carreira) e as aspirações para o Porto. É o que faz não ter 2 jogadores por cada posição. Lá vai o Sérgio Conceição (coitado) ter que continuar a inventar, colocar o Reys ou o Herrera a fazer de conta que são trincos. Conclusão nem pau nem bola. Serginho consegue pelo menos 2 segundo lugar.
  • FM.
    04 abr, 2018 GAIA 19:43
    TRISTE MUITO TRISTE.LAMENTO A LESÃO DO DANILO.BOA SORTE E QUE OS JOGADORES DO F.C.DO PORTO DÊEM O DOBRO PARA PODEREM ,OFERECER O CAMPEONATO AO DANILO.OS PORTISTAS DESEJAM FESTEJAR--CAMPEÕES.