A+ / A-

Hells Angels Portugal. Uma história de violência

25 mar, 2018 - 15:04 • Ricardo Vieira

O grupo motard Hells Angels, com ligações ao submundo do crime internacional, está em Portugal desde 2002.
A+ / A-

Fundado nos Estados Unidos na década de 40, o Hells Angels tem cinco motoclubes (MC) em Portugal: Lisboa, Cascais, Margem Sul, Porto e Algarve.

No sábado, entre 30 a 40 membros dos Hells Angels atacaram outro grupo rival, o Los Bandidos, num restaurante do Prior Velho, nos arredores de Lisboa.

Seis pessoas ficaram feridas, duas com gravidade. O alvo seria Mário Machado, antigo líder do grupo neonazi Hammerskins, que escapou ileso.

Mas este não é o primeiro nem o segundo caso de violência a envolver os Hell Angels em Portugal.

Várias situações têm sido noticiadas pela imprensa portuguesa nos últimos anos.

Em setembro de 2009, um motard alemão membro dos Hells Angels foi detido no Algarve, onde estava escondido. Era alvo de um mandado de captura internacional pelo assassinato de um elemento de um gangue rival, na Alemanha. O crime está relacionado com o tráfico de droga. O suspeito foi extraditado.

No início de 2010, seis Hells Angels foram condenados pelo Tribunal de Sintra a cinco anos de prisão com pena suspensa pelos crimes de sequestro, roubo, ofensa à integridade física, coação e extorsão a um ex-membro do grupo.

Os factos remontam a julho de 2005, quando o grupo sequestrou e espancou um ex-membro na sua casa. A vítima foi obrigada a assinar documentos que cediam os direitos do domínio da internet usado pelos Hells Angels e ficou sem uma mota Harley Davidson. Os arguidos exigiram ainda oito mil euros em dinheiro até ao mês seguinte.

Mário Machado chegou a ser constituído arguido. Negou o seu envolvimento no caso e acabou por ser retirado do processo antes do julgamento.

Em 2013, membros dos Hells Angels atacaram elementos das forças de segurança, que estavam de folga e participavam na Concentração de Motos de Faro, uma das maiores da Europa. A GNR identificou e constituiu arguidos um total de 12 agressores.

Em setembro do ano seguinte, mais de 20 alegados Hells Angels tentaram invadir a discoteca Dock’s Club, em Lisboa.

Estavam armados com facas, ferros e paus e atuaram por vingança, mas acabaram por ser travados pelos seguranças do espaço e pela PSP. Foram identificadas cerca de uma dezena de pessoas.

Grupo no radar das polícias europeias

A rivalidade entre os Hells Angels e Los Bandidos é antiga. Na década de 90, teve lugar a chamada "Grande Guerra Nórdica dos Motards". Entre 1994 e 1997, pelo menos 12 membros destes grupos foram mortos e dezenas ficaram feridos em confrontos registados na Dinamarca, Suécia e Finlândia.

Os grupos motard fora da lei são considerados uma ameaça e uma prioridade em 17 Estados-membros da União Europeia, segundo a Europol, que aponta o dedo a organizações como os Hells Angels, Bandidos ou os Outlaws.

Em 2013, 25 membros dos Hells Angels foram detidos em Espanha no âmbito de uma operação internacional, por suspeita de vários crimes em países europeus.

Considerado muito perigoso, o gangue esteve envolvido em ataques, tentativas de homicídio, tráfico de seres humanos para prostituição, raptos, ameaças, extorsão, tráfico de drogas, posse ilegal de armas, lavagem de dinheiro, fraude, falsificação de documentos e corrupção.

Os Hell Angels foram proibidos em vários estados da Alemanha. No ano passado, uma grande operação policial fez buscas em várias cidades do estado da Renânia do Norte-Vestfália.

"Os membros deste clube são criminosos. O seu dia a dia consiste em violência, armas, drogas e prostituição forçada", declarou na altura Herbert Reul, ministro do Interior daquele estado alemão.

Em 2016, as autoridades fecharam o maior bordel da Alemanha, em Berlim, propriedade dos Hells Angels, por fuga ao fisco e tráfico de seres humanos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • El Rincon del Amor
    18 jul, 2018 17:09
    Queria muito ser um Hells Angel, acho q só vai melhorar a minha vida sexual! O que preciso fazer???
  • 81 Forever
    21 abr, 2018 Honestville 23:16
    Saloios são todos aqueles que se deixam empobrecer por uma sociedade corrupta em que quem rouba o povo sai ileso e quem cumpre ate ao fim é enxovalhado nos tribunais, longa vida aos 81, nunca deixem de existir!
  • Joel
    26 mar, 2018 Benfica/Lisboa 14:11
    Esse Machado ja devia era estar a apodrecer na prisão, é skins, é armas, é violência e agora a mrd dos Los Bandidos ele que nem de mota anda... prendam esse ignóbil!
  • Tirem-lhes a carta.
    26 mar, 2018 Lisboa 11:22
    Até nisto somos saloios. Até esta palhaçada chega-nos com dezenas de anos de atraso.