A+ / A-

Anunciados apoios aos agricultores afetados pelo tornado no Algarve

05 mar, 2018 - 17:21

Secretário de Estado da Agricultura admite que a medida "não compensará na totalidade o prejuízo que o agricultor teve, mas trata-se de um apoio extremamente importante”.
A+ / A-

Estão já garantidos os apoios do Governo para os agricultores afetados pelo tornado de domingo, em Faro.

O secretário de Estado da Agricultura, Luís Medeiros Vieira, que está de visita ao concelho algarvio de Olhão, explicou as regras para estes apoios financeiros.

“Todos os prejuízos declarados até 5 mil euros terão um apoio a 100% a fundo perdido, de 5 a 50 mil euros terão apoio de 85% a fundo perdido e acima dos 50 mil terão um apoio de 50% a fundo perdido até aos 800 mil euros”, explica o governante.

Segundo Luís Medeiros Vieira, “trata-se de uma ajuda generosa que, certamente, não compensará na totalidade o prejuízo que o agricultor teve, mas trata-se de um apoio extremamente importante”.

O secretário de Estado da Agricultura explica que esta medida de apoio aos estragos provocados pelo mau tempo é, exclusivamente, para as explorações agrícolas.

De visita ao distrito de Beja, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou que está a acompanhar os efeitos do tornado, tendo já recebido indicações do município de que os problemas, sobretudo os sociais, estão a ser resolvidos.

Até agora, estão identificadas 15 explorações danificadas, mas o levantamento dos estragos ainda não está concluído.


legislativas 2019 promosite
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.