|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

PSD. Hugo Soares espera por reunião com Rui Rio

14 jan, 2018 - 20:16

Líder parlamentar do PSD apoiou Santana. Marques Mendes diz que deve pôr o lugar à disposição.

A+ / A-

O líder parlamentar do PSD, Hugo Soares, não quer, por enquanto falar sobre o resultado das eleições directas no partido nem sobre a sua continuidade na liderança da bancada. Contactado pela Renascença, disse que não se irá pronunciar até falar com o novo presidente eleito do PSD, Rui Rio.

A reunião deve ter lugar ao longo desta semana ou na próxima. Hugo Soares, que declarou o seu apoio a Pedro Santana Lopes, não segue assim o caminho já escolhido por dois vice-presidentes do grupo parlamentar: Sérgio Azevedo e Amadeu Albergaria, também apoiantes de Santana, que anunciaram na rede social Facebook que colocaram o lugar à disposição depois do triunfo de Rio.

Hugo Soares diz que é natural a atitude destes dois vice-presidentes da bancada laranja, mas recusa para já avançar com o que irá fazer. Ainda antes das eleições directas deste sábado, Hugo Soares manifestou-se disponível para continuar a liderar o grupo parlamentar qualquer que fosse o vencedor.

O antigo presidente do PSD Luis Marques Mendes defendeu que o líder parlamentar social-democrata deve colocar rapidamente o lugar à disposição, uma vez que o partido elegeu um novo presidente, Rui Rio.

"Julgo que o que se impõe é que Hugo Soares ponha de imediato o lugar à disposição para que o líder do partido pondere e dê um sinal: se quer mantê-lo ou se quer substituí-lo", afirmou no seu espaço de comentário na SIC.

Lembrando que o novo presidente eleito, Rui Rio, não é deputado, Marques Mendes disse que Rio "tem que ter [no parlamento] uma pessoa de confiança".

Rui Rio venceu as directas do PSD com 54% dos votos e é o novo líder eleito do partido. Contudo, só assumirá plenas funções depois do congresso marcado para 17 e 18 de Fevereiro, altura em que serão eleitos os restantes órgãos de direcção partidária.


[actualizado dia 15 às 06h15]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • as vespas
    15 jan, 2018 lis 18:42
    movimentam-se no vespeiro!...O problema é que há muitas "mestras", para poucos soldados!
  • Alberto
    15 jan, 2018 FUNCHAL 14:03
    Devia substituir por Pacheco Pereira...talvez o PSD acabasse.
  • Rui
    15 jan, 2018 Lisboa 13:01
    O homem não é obrigado a demitir-se deixa o tar que logo é corrido.
  • Valente
    15 jan, 2018 Vale de Sousa 10:40
    Pois está muito bem... Vai beijar o anel para receber a benção! Obviamente, demite-te!
  • João Lopes
    15 jan, 2018 Viseu 10:11
    É sensato que Hugo Soares fale primeiro com Rui Rio, o novo "adjunto" de António Costa.
  • Carlos Mendes
    15 jan, 2018 Sintra 09:51
    Parabéns a Rui Rio. Os que sempre estiveram com o Passos Coelho votavam todos no Santana Lopes. O Santana na campanha, não deixou de colocar no pedestal o Passos Coelho.. O Santana como é inconstante, nunca cumpre mandatos, e no meu entender, não é um lider de confiança, por muito que fale "PPD/PSD" está aprovado perde sempre. Já Rui Rio foi peremptório ao dizer que quando concorria ganhou sempre. Esta campanha, disse Rui Rio, ia ganhar, no entanto se perdesse, seria a primeira vez. Para governar o País, é preciso pessoas sérias, e com um passado limpo. Não como o Santana, que foi primeiro ministro sem ir a eleições, e depois, a comunicação social mostrou e comentou situações menos abonatórias, de Santana. O Passos Coelho ainda tem a Tecnofarma por resolver, o país não esquece. Como não esquece, a falta de pagamento à segurança social. O Marco António também tem problemas para resolver. A PGR não pode esquecer todos estes casos. Oxalá Rui Rio consiga levar o partido a bom porto, e não se deixar intimidar pelos patrões do partido, e governo como sabe governar, com toda a transparência e governar também para a população, para o país, e não para o partido, ou para algumas empresas. Mais uma vez parabéns a Rui Rio, e mediante a sua oposição, séria, vou ver se nas próximas eleições volto a votar no PSD.
  • silva
    15 jan, 2018 ponte 09:41
    Em minha opinião o Sr. Hugo Soares parece um catraio do 1º ciclo. Também fiquei desiludido com o Sr. Luis Montenegro porque não tinha a ideia de que ele era um perito de jogadas políticas. E porque é que falo em jogada política? Porque o Sr. Luís Montenegro tem a aspiração em ser líder do PSD e então nada melhor para preparar o terreno do que colocar-se ao lado de quem vai saír derrotado, para depois caso Rui Rio não ganhe as eleições ao PS, poder avançar. Todos estão à espera que o Sr. Rui Rio dure só até 2019! Se o Sr. António Costa colocou uma velinha ao Santo António não foi para que ganhasse o Sr. Rui Rio, foi antes para que o no PSD tudo continue como até aqui, ou seja "um ninho de ratos".
  • xico
    15 jan, 2018 lixa 09:31
    é "gente" desta que o psd não precisa se quiser credibilizar-se.
  • Sai palha
    15 jan, 2018 Lisboa 07:23
    Tadinho do Huguinho que vai perder o tachinho por ser tão lerdinho. Boçal e parasita sem o mínimo de engenho e arte para o ofício.
  • Juan Panvini
    14 jan, 2018 Mafra 21:17
    Logico, olhó tacho