O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Sérgio Conceição: “Fui eu que fui buscar o Abel e trabalhou comigo sete meses, mas ele diz que não me conhece”

14 jan, 2018 - 12:33 • João Carlos Malta

Treinador do FC Porto comentou as palavras do técnico do Braga.
A+ / A-

Depois de o treinador do Braga, Abel Ferreira, ter dito que preferia uma crítica construtiva do que um falso elogio, referindo-se a alegadas palavras de Sérgio Conceição que punham os aresenalistas como candidatos ao título, o treinador do FC Porto lançou farpas ao líder técnico dos minhotos.

Abel disse ainda que não conhecia pessoalmente Sérgio Conceição. “Eu às vezes deparo-me com cada coisa que eu fico…. Para meu espanto, o Abel ferreira veio dizer que não me conhecia pessoalmente”, disse o treinador azul e branco na antevisão do jogo com o Estoril que se disputa na segunda-feira.

“Fui eu que fui buscar o Abel. Dei o aval ao Presidente. E depois trabalhamos sete meses juntos, ele na equipa B e eu na equipa principal. Reunimos e falámos várias vezes ao telefone, e ele diz que não me conhece pessoalmente. Fiquei admirado”, afirma.

Conceição diz que o treinador do SC Braga se referiu a um falso elogio, mas ele garante que não fez nenhuma consideração sobre se a equipa do Minho é ou não candidata.

“Só disse que estava a três pontos do Benfica. Disse zero”, reafirmou.

Reforços

Sobre a escassez de alternativas no plantel do FC Porto e a possibilidade de reforços durante o mercado de Janeiro, Sérgio Conceição diz que “graças a Deus estamos em todas as frentes”.

“Estamos a fazer as contas e alguns clubes tem 15 ou 16 jogos até ao final da época, nós temos 23 a 24 jogos em três meses. Estamos a tentar ver como podemos reforçar o plantel”, afiançou.

Mas não se quis lamentar: “Estamos aqui para arranjar soluções internas”.

Em relação aos problemas físicos de Brahimi e Marega, o treinador dos portistas diz que são casos que o preocupam e que só em cima do jogo se decidirá se os jogadores vão avançar.

Sobre o acumular de jogos, Conceição afiança: “Preocupava-me se não estivesse na final four [da Taça da Liga]. É normal nos grandes clubes jogar de três em três dias”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anonimo
    18 jan, 2018 Porto 15:58
    Para o senhor Vieira do Porto aconselhava-o a estar calado, pois o Rui Vitória penda pela cabeça dele e por isso é que não passa de um ignorante e mentiroso e o Sérgio Conceição tem por vezes comentários que não devia ter
  • Vieira
    14 jan, 2018 Porto 18:00
    Sergio nao cheira a bafio, diz o que pensa, e frontal enquanto outros vao dando punhaladas nas costas., o que se chama traicao para quem e inteligente.
  • 14 jan, 2018 eua 15:27
    papagaio
  • F Soares
    14 jan, 2018 A da Gorda 14:54
    Coisas à Puto do Costa, é o que é. Tanto quer desestabilizar os outros que vai ser ele o desestabilizado, Depois vai queixar-se ... dos árbitros !
  • este gajo
    14 jan, 2018 port 12:45
    deve pensar que ele é que é o inteligente e que os outros são todos estúpidos!...com tanta frontalidade que apregoa, deveria ter a humildade para não andar sempre a repeti-la!