A+ / A-

Caso dos emails “não tem arguidos constituídos"

13 jan, 2018 - 19:47

No entanto, a Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol confirma que a investigação continua.
A+ / A-

A Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional explicou, em comunicado, que "não existem quaisquer arguidos constituídos" no inquérito aos emails do Benfica, uma vez que a investigação ainda está em curso.

"Cumpre, de todo o modo, sublinhar que não existem, atenta a natureza do processo em curso, quaisquer arguidos constituídos, prosseguindo-se a investigação", apontou o órgão da Liga, que recorda ainda o facto de que estão em curso "outros processos de índole distinta", o que implica "especial precaução e cuidado".

Num comunicado publicado no site oficial da Liga na Internet e assinado pela presidente da CI, Cláudia Viana, pode ler-se que a investigação passa "pela audição de um significativo número de testemunhas, determinadas exclusivamente por esta CI, e não por solicitação de terceiros ou outras circunstâncias exógenas", entre outras diligências já levadas a cabo.

O processo de inquérito ao chamado 'caso dos emails' prossegue com "natureza sigilosa nos termos regulamentares", sendo que a CI esclarece que as estratégias de investigação que tem seguido são "exclusivamente definidas" por este órgão e pretendem "o cabal apuramento dos factos".

"À semelhança do ocorrido na anterior época desportiva, a CI pretende continuar a pautar a sua actuação pelo dever de reserva e discrição e com total independência, autonomia e equidistância", acrescenta o órgão, que reitera a independência e autonomia "na direcção do processo de inquérito".

Fonte do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmou à Lusa que vários árbitros foram notificados para prestarem declarações como testemunhas no caso.

O director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, acusou o Benfica de influenciar o sector da arbitragem e apresentou alegadas mensagens de correio electrónico de responsáveis 'encarnados', nomeadamente de Paulo Gonçalves e do presidente Luís Filipe Vieira.

A Polícia Judiciária já realizou várias diligências no âmbito da sua investigação ao caso dos emails, cujas primeiras mensagens foram reveladas em Junho de 2017. Na sequência de buscas às instalações do Benfica, em Outubro último, Paulo Gonçalves foi constituído arguido, por ter estatuto de advogado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Juíz Vermelho
    14 jan, 2018 Catedral da Luz 18:26
    Ou seja, foi uma mera cortina de fumo, lançada e amplificada ao maximo por certas tv's e pelos pasquins do costume - porto canal, sporting tv, cmtv, record, o jogo ... - para denegrir, e desviar atenções de clubes intervencionados que andam na travessia do deserto, uns há 4, outros há 18 anos. Na realidade há mensagens truncada e descontextualizadas que conduzem a nada, mas isso não interessa aos mentores da Santa Aliança, vulgo diretores de comunicação de fêquêpê e zmerting, reunidos num hotel no fim da época passada, para combinarem esta estratégia de fumaça. Infelizmente, face à lentidão habitual na justiça e uma certa desorientação, acampanhada de graves erros na planificação da época do SLB, a estratégia resultou em parte. Alguns árbitros colaboraram no tiro ao SLB, que foi pouco lesto a defender o Castelo e a começar a ripostar. Mas se resultou até aqui, agora parece que a estratégia tem os dias contados: embora a equipa tenha dado um festival de fragilidade que resultou na pior campanha de sempre na Champions e eliminação prematura da Taça de Portugal e da Liga, no Campeonato está tudo em aberto e as duas últimas exibições fazem crer que o pior em termos exibicionais, já passou. Se acrescentarmos que falta toda uma segunda volta e o calendário de SLB até é o mais acessivel ... é cedo para a Santa Aliança descansar a pensar que ganhou a partida.
  • Carlos Santos
    14 jan, 2018 Maia 13:50
    Como é que vai haver arguidos se está tudo metido ao barulho !! O Polvo encarnado não brinca !!!