A+ / A-

​Bloco quer resgate urgente dos CTT

03 jan, 2018 - 11:32

Nas últimas semanas foram conhecidos os planos para fechar 22 lojas e dispensar mil trabalhadores.
A+ / A-

O Bloco de Esquerda defende o resgate do serviço público dos correios e dos CTT. Na terça-feira foram conhecidos alguns pormenores sobre o plano de reestruturação da empresa, que inclui o encerramento de, pelo menos, 22 balcões até Março.

“Hoje os CTT já não estão a cumprir as regras, as obrigações de serviço público que constam do contrato de concessão e à luz desse incumprimento. Nós entendemos que o Governo deve intervir desde logo resgatando a concessão do serviço postal, resgatando a concessão do serviço público que os correios estão obrigados para fazer e, em segundo lugar, deve resgatar a própria empresa para o sector público”, disse à Renascença José Soeiro, deputado do Bloco de Esquerda.

Antes do Natal foi também conhecido o anúncio da dispensa de mil trabalhadores nos próximos anos.

O deputado bloquista defende, por isso, urgência na intervenção.“Cada dia que passa é um dia que a empresa fica com menos gente, com menos balcões, com menos capacidade de prestar esse serviço e por isso é que nós entendemos que a intervenção deve ser urgente”, remata.

Ouvida pela Renascença, a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, revela que ainda esta quarta-feira vai pedir explicações sobre o encerramento da estação dos correios de Alferrarede. A autarca diz não entender a decisão uma vez que a loja “é das que tem mais movimento da região” e considera todo este processo “lamentável”.

Há também deputados e outros autarcas socialistas indignados com o plano de reestruturação dos CTT. Já a empresa garante que o serviço público não está em causa.

A lista de lojas a encerrar foi enviada esta terça-feira à comissão de trabalhadores da empresa com um pedido de parecer.Veja aqui

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • malheiro alfredo
    06 fev, 2018 beja 07:22
    Obrigado por mais esta ó PSD. Pública dava lucro e funcionava bem. Privatizada é um caos e mais cara.
  • Eborense
    05 jan, 2018 Évora 14:16
    Na verdade o Q.I da maioria dos esquerdelhos está pelas ruas da amargura.
  • Rui
    03 jan, 2018 Lisboa 17:46
    Os direitolas não andam bons da cabeça comentam sem pés nem cabeça ofendem até dizer chega inventam tretas da Rússia do prec e da korea do norte que não faz qualquer sentido mais parecem uns sabotadores da nação sempre felizes que algo corre mal ao país, choram lágrimas de crocodilo em cima das desgraças ao mesmo tempo que lançam farpas e culpas, já não era tempo de vomitarem essa azia cá para fora que congestão infindável livra.
  • Eborense
    03 jan, 2018 Évora 15:36
    Ó Marco! Se não fosses ignorante, sabias que a concessão dos CTT foi incluída no plano de resgate elaborado pelo governo do Zézito, sendo uma das muitas contrapartidas, para nos emprestarem 78 mil milhões. O Passos, apenas cumpriu aquilo que estava assinado pelo teu querido Zézito, no memorando de entendimento com a TROIKA. Percebeste, agora?
  • Marco Almeida
    03 jan, 2018 Olhão 15:12
    Oh Eborense, o que é que o Sócrates têm a vêr com a privatização dos CTT feita em 2013 durante o desgoverno do seu adorável grande líder Pedro Passos Coelho mais onhecido por vendilhão dos anéis e destruição de milhares de famílias em nome de uma dívida ODIOSA
  • SERGIO MACHADO
    03 jan, 2018 Oeiras 15:04
    Totalmente de acordo. Nacionalização de uma empresa histórica deste país. Esta nas mãos do Goldman Sachs. Veja-se a historia deste Banco:: https://youtu.be/GMuLSM8fojc Nota: Vejam se são uma empresa independente e não censurem este comentário
  • KATRINA AO PODER
    03 jan, 2018 Lx 13:40
    A kamarada do teatro de 3ª categoria finalmente fez-se ouvir pois anda desaparecida depois de querer sacar uns milhões aos tugas...Deu o ar da sua graça com a sua nacionalização e voltaremos a cantar a grândola vila morena e ao tempo do PREC e o pai da Mortágua será o grande timoneiro a liderar a revolução dos bolcheviques em Portugal...País triste este com estes esquerdelhos folclóricos e da tanga...
  • XUXAS REFÉNS BE
    03 jan, 2018 Lx 13:32
    A esquerda caviar a lançar as garras ao PS...Os xuxas estão reféns destes malandrso do Blco de Esterco...Para sacar dinheiro aos tugas estavam também por aí..grande artista esta kamarada Katrina Martins...Voltámos ao PREC...
  • zita
    03 jan, 2018 lisboa 13:19
    Entra Tuga e caladinho, porque como é de esquerda está tudo bem! Qual a diferença entre que rouba um banco privado e os CTT? Cambada, atiram as empresas para a falência e depois pagamos nós os Tugas:
  • Santos
    03 jan, 2018 leiria 13:14
    Então e sobre o Veto da lei de financiamento dos partidos, o que é que a Dra Catarina tem a dizer? vergonha de gente, estamos mesmo muito mal servidos de politicos, eu nunca mais na minha vida vou votar