O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Produtos petrolíferos. Aumento de imposto vai fazer subir preços

31 dez, 2017 - 15:22

Portaria foi publicada, este domingo, pelo Governo em “Diário da República”.
A+ / A-

O Imposto Sobre Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP) vai ser aumentado a partir de segunda-feira, segundo uma portaria publicada pelo Governo em “Diário da República”.

"No Orçamento do Estado para 2018 seguiu-se uma política de estabilização ao nível da tributação indirecta, procedendo-se a uma mera actualização de taxas no que respeita aos impostos especiais de consumo, que foi efectuada tendo por referência o valor da inflação previsto. Importa, pois, proceder à actualização, ao nível da inflação, do valor das taxas de ISP a aplicar no ano de 2018 a estes produtos, em linha com o Orçamento do Estado", lê-se na portaria que entra em vigor a 1 de Janeiro de 2019.

De acordo com o documento, a taxa do ISP aplicável à gasolina (com teor de chumbo igual ou inferior a 0,013 gramas por litro) é de 556,64 euros por 1.000 litros (0,556 euros por litro).

No caso do gasóleo, a taxa de imposto é de 343, 15 euros por 1.000 litros (0,343 euros por litro).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ze Fala Barato
    01 jan, 2018 Bordeaux 20:56
    Só as pessoas que defendem partidos são ainda pior que os politicos.Isto não é mais uma portaria mas sim mais uma putaria de pessoas que ditam leis só oara outros .Ele vão continuar abrigados...cobardos que pensam que só eles e familia são humanos...
  • Eborense
    01 jan, 2018 Évora 14:15
    E se a xuxalhada continuar a governar iremos ter sucessivos aumentos de impostos até a economia aguentar. Depois, acontecerá o mesmo que em 2011, e outros virão para tentar salvar o país. Os "maus da fita". O socialismo é isto. Tirar a todos, para esbanjar com alguns! E há tantos ignorantes que não vêm isto. Cada País tem aquilo que merece!
  • Joao
    01 jan, 2018 Coimbra 10:41
    ...é para financiar os transportes públicos de Lisboa, onde estão os Bloquistas! O resto do País que se lixe, mesmo que, como o meu caso, tenha que fazer 70km/dia para ir trabalhar, ONDE NÃO HÁ TRANSPORTES PÚBLICOS. e vêm com lágrimas de crocodilo qdo falam do interior ... ladroes.
  • JULIO
    01 jan, 2018 vila verde 10:39
    A geringonça a chamar o diabo a chegada està prevista para depois do proximo ano
  • joao123
    01 jan, 2018 lisboa 07:48
    É o chamado " fim da austeridade "...
  • Alberto
    31 dez, 2017 FUNCHAL 15:43
    O Maduro não faria diferente. Aumentem outros, já que a avaliar pelas Sondagens, "eles" gostam.