O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Janeiro traz aumento de 43 cêntimos à maioria dos clientes da EPAL

31 dez, 2017 - 09:30

Vai estar disponível uma tarifa social destinada a famílias mais carenciadas e para os agregados familiares com cinco ou mais pessoas está disponível a Tarifa Familiar.
A+ / A-

A partir de segunda-feira o preço da água vai aumentar em média 43 cêntimos mensais para a maioria dos consumidores domésticos.

Numa nota, a EPAL - Empresa Portuguesa das Águas Livres anunciou que afirmou que "para a grande maioria dos clientes domésticos, cerca de 85%, o novo tarifário para 2018 implica uma actualização média de 43 cêntimos por mês".

Neste grupo estão considerados os clientes domésticos que tenham um consumo médio mensal de oito metros cúbicos e um contador de 15 milímetros.

A empresa salientou ainda que tem disponível uma tarifa social destinada a famílias mais carenciadas, que prevê descontos que podem ir até aos 93%, sem referir os aumentos relativos aos clientes inseridos nesta tarifa.

Para os agregados familiares com cinco ou mais pessoas está disponível a Tarifa Familiar da Água.

A actualização do tarifário entra em vigor no próximo dia 1 de Janeiro, conforme fixado no Decreto-Lei 94/2015, de 29 de maio.

A EPAL, que serva mais de 80 municípios, é uma empresa do sector empresarial do Estado, detida a 100% pela Águas de Portugal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.