O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Maduro acusa Portugal de sabotar o Natal venezuelano

28 dez, 2017 - 00:27

Em causa a falta de carne de porco durante o período de festas do Natal e Ano Novo.
A+ / A-
Maduro acusa Portugal de sabotar o Natal venezuelano
Maduro acusa Portugal de sabotar o Natal venezuelano

O Presidente da Venezuela acusa Portugal de sabotar a importação de pernis de porco, um dos pratos mais utilizados pelos venezuelanos no Natal e no Ano Novo.

"O que se passou com o pernil? Fomos sabotados e posso dizer de um país: Portugal. Estava tudo pronto, comprámos todo o pernil que havia na Venezuela, mas tínhamos que importar e sabotaram a compra", disse Nicolás Maduro num discurso pela televisão estatal VTV.

O Presidente da Venezuela referiu que fez um plano e acertou os pagamentos, mas “perseguiram as contas bancárias e perseguiram os dois barcos gigantes que vinham”.

Pouco depois, um alto membro da assembleia constituinte, Diosdado Cabello, do Partido Socialista Unido da Venezuela, confirmou esta versão. “Porque não chegou o pernil? Por causa do bloqueio que temos. Os portugueses comprometeram-se, assustaram os rapazes e não mandaram os pernis”.

Nos últimos dias houve vários protestos em Caracas e noutras cidades venezuelanas pela falta da carne de porco nas festas natalícias.

A seis milhões de pessoas que recebem apoio alimentar, do controverso programa criado pelo governo para responder à “guerra económica”, terá sido prometido que haveria pernil de porco, como é tradição nesta altura.

A Renascença aguarda um esclarecimento do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Carlos Gonçalves
    29 dez, 2017 ALMADA 10:37
    No Panças, ( Buraca ) é que se come um bom Pernil de Porco com batata assada .
  • Pedro Silva
    29 dez, 2017 Lisboa 09:40
    Ainda ontem tivemos Augusto Santos Silva a gozar com esta situação e, ao mesmo tempo, a dizer que precisava de mais informação. Hoje, temos a Renascença na sua campanha habitual contra o socialismo na Venezuela. Para a Renascença, uma sociedade vale se tiver ricos, donos de grandes grupos financeiros e depois um amontoado enorme de pobrezinhos, para nos fazermos de «cristãos», quando apetece.
  • João Dinis Ferraz
    29 dez, 2017 Almada 09:36
    Não é Madura, é Maduro!
  • 29 dez, 2017 01:29
    se os portugueses fossem venezuelanos como seria a sua reacao?
  • 29 dez, 2017 01:24
    os portugueses gostam de encher o bandulho!
  • 29 dez, 2017 palmela 01:20
    esta acusaçao e muito grave para portugal! uma vez que que o pernil de porco nao e para ele comer sozinho!
  • vitor manuel marques
    28 dez, 2017 vila nova de Gaia / Portugal 16:03
    Anda tudo doido? Mas a propósito de quê se aguarda respostas do MNE português? Que credibilidade tem esse Nicolás Maduro e esse Diosdado Cabello. Um é um enchufado(corrupto) 8 mil milhões desviados da Venezuela para offshore de Andorra e ditador, o outro é um traficante de drogas. O Povo português é dos mais solidários do mundo, como pode a Imprensa dar ECO às vozes desses dois parasitas que governam a Venezuela?
  • JMC
    28 dez, 2017 USA 15:49
    Para responder à questão formulada por Dr. Xico de Lisboa ("É isto que o PCP quer para Portugal?"), Sim, absolutamente––desde que tenham os líderes do PCP todo o poder e glória. Como reza o ditado sobre esse tipo de ditadura, "Poder absoluto corrompe de forma absoluta."
  • BARSANULFO
    28 dez, 2017 alcains 11:44
    DEPOIS APAGUEM TUDO, COMO DE COSTUME !!! AOS OPINADORES DIREITOLAS FILHAS DA "OUTRA", PARA LHES AVIVAR A MEMÓRIA LATRINÁRIA PAFALHOSA!!! - 2012 - PAULO PORTAS: MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS,PAFALHOSO. Foi uma missão e pêras!", disse Paulo Portas, - Paulo Portas, ministro dos Negócios Estrangeiros, foi à Venezuela reforçar laços de cooperação entre os dois países. - Cada vez que uma empresa portuguesa investe na Venezuela está a aguentar a crise em Portugal e a proteger postos de trabalho em Portugal", sublinhou. - Portas promete "dar tudo" para fortalecer relação com Venezuela . A JP Sá Couto (fábrica dos computadores Magalhães) assinou com o grupo IUSA (Peralta) um contrato para exportação de computadores para o sector da educação, avaliado em 1,2 mil milhões de dólares. - «Paulo Portas explicou ainda que "o consórcio Visabeira vai fazer a rede de distribuição de gás numa zona muito importante na Venezuela" e que "os computadores Canaima (nome local do Magalhães) somam e seguem" e realçou "o projecto de criar uma fábrica", um "caso de sucesso" que pode emigrar para outros países na América Latina.»
  • Alberto Martins
    28 dez, 2017 Lisboa 10:09
    Sempre o mesmo. Nas ditaduras os ditadores nunca têm culpa. a culpa é sempre dos outros. Este ditadorzeco de meia tijela devia ser julgado por crimes contra o próprio povo.