A+ / A-
Liga dos Campeões

Benfica rematou tanto como o Barcelona, correu mais que o Real Madrid e teve mais bola que o PSG

07 dez, 2017 - 14:29

A estatística pouco ajudou as águias, que são a pior equipa portuguesa e o pior cabeça-de-série de sempre. Clássico caso em que não basta ter números, há que convertê-los em golos.
A+ / A-

O Benfica rematou tanto como o Barcelona, foi a quarta equipa que mais correu e teve mais bola que Tottenham, Juventus ou PSG. Não deixou de ser a pior equipa portuguesa de sempre da Liga dos Campeões.

Seis jogos, seis derrotas, um golo marcado e 14 sofridos. Os encarnados são um caso em que a produção estatística não é sinónimo de sucesso. Segundo o jornal "Marca", a equipa de Rui Vitória é "top-10" em vários parâmetros ofensivos, no entanto, estão, também, no "top-1" das derrotas.

Para começar, a distância percorrida por cada equipa. O vencedor dessa estatística foi o Spartak Moscovo, também eliminado, com um total de 727.577 metros, seguido do Tottenham (726.618 metros) e do Atlético Madrid (707.776). Em quarto, surge o Benfica. Curiosamente, três das quatro equipas não chegaram aos oitavos-de-final. O Tottenham venceu o Grupo H, que também tinha Real Madrid e Borussia Dortmund.

As águias lideram as equipas portuguesas neste e noutros capítulos. O Sporting, relegado para a Liga Europa, correu 670.885 metros. O FC Porto, única equipa lusa nos "oitavos", foi a quinta equipa que menos correu: 622.323 metros. A equipa que menos correu foi o Barcelona, seguido do Manchester City e da Juventus. Três que passaram à fase seguinte.

Líderes nas tentativas de golo e na posse

No que toca aos remates, o Benfica surge na 10.ª posição, juntamente com o Barcelona, com 90 disparos, embora apenas 18 tenham ido na direcção da baliza. O Barcelona rematou 32 vezes à baliza.

As equipas que mais remataram são Real Madrid (123), Liverpool (120) e Bayern (110). A segunda equipa que mais rematou foi o Porto, que surge na 17.ª posição, com 80 disparos, 29 deles à baliza. O Sporting, que está em 26.º lugar, rematou por 60 vezes, com 19 a acertarem no alvo.

Quanto à posse de bola, o Benfica volta a liderar as equipas portuguesas. Os encarnados tiveram uma média de 55% de posse, figurando na nona posição do "ranking" liderado pelo Barcelona (63%), com Manchester City e Sevilha, ambos com 60%, "à perna". O Real está em quarto, com 59%.

O Porto teve uma média de 48% de posse de bola, número que partilha com o Tottenham, na 18.ª posição. O Sporting está apenas na 26.ª posição, natural dado os rivais (Barça e Juve), com média de 44%.

Estas estatísticas provam, apenas, que números são números e passam a ser vitórias apenas e só quando convertidos em resultados. É preciso transformar a "parra" em "uva". Coisa que o Benfica foi incapaz de fazer, daí ter sido o pior cabeça-de-série de sempre da Champions.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Afonso Morais
    13 dez, 2017 Póvoa de Varzim 16:32
    ... e porque não dizê-lo, que sofreu mais golos que todos os outros!
  • killghost15
    08 dez, 2017 Porto 23:44
    90 remates, segundo o meus resultados foram 86 e 17 à baliza isso dá uns 19.78 % mais ou menos e pior tiveram 2 jogos Basileia https://www.meusresultados.com/jogo/zLmZ3g4b/#estatisticas-de-jogo;0 e Manchester em casa em que não fizeram 1 remate à balizahttps://www.meusresultados.com/jogo/Sdu70Kc6/#estatisticas-de-jogo;0 Assim caros jornalistas se explica sem parcialidades
  • Indeed
    08 dez, 2017 Lisboa 20:53
    E acabou com menos pontos que o Vardar, esqueceram-se dessa estatística.
  • José Malaquias
    08 dez, 2017 Penafiel 14:32
    E mesmo com essa estatística toda, com esse doer nacional-benfiquista, conseguiram fazer ZERO pontos... Dispam a camisola e sejam jornalistas, Portugal agradece.
  • Agostinho V Couto
    08 dez, 2017 USA 01:37
    Pois e mas isto e a liga dos campeoes nao e a ,,volta a Portugal em bicicleta ,,nem a ,,maratona de qualquer cidade do mundo basta de ,,desculpas ,,inuteis ,,esfarrapadas ,,sao os ,,piores de sempre em todas as competicoes europeias a nivel nacional ,,factos sao factos e nao adianta tentar ,,tapar os ,olhos a quem ve ,,tanto ou mais que ,,eles
  • Valdemar Duarte
    08 dez, 2017 Carnide 00:19
    Sou o autor deste artigo? Voltei à RR?
  • Manuel Vila Pouca
    07 dez, 2017 Porto 22:09
    Ainda bem que o ridículo não mata... foram seis jogos, seis derrotas, um golo marcado e catorze sofridos, a pior prestação de sempre de uma equipa portuguesa na fase de grupos, idem para uma equipa do Pote 1 e vocês vêm com esta conversa? Tenham dó e um pouco de pudor.
  • Miguel Brito
    07 dez, 2017 Viana do Castelo 21:11
    Rematou tanto como o Barcelona, mas foi tudo ao lado... Correu mais que o Real, mas isso é atletismo, não é futebol... Teve mais bola que o PSG, mas não sabia o que fazer com ela...
  • Luigi
    07 dez, 2017 Alenquer 21:10
    Falta a estatística da arbitragem, foi Roubado todos jogos. No campeonato português são agredidos durante 45 minutos, os adeversarios sabem que os árbitros na primeira parte não mostram cartões. Comentadores sao uma porcaria...
  • abel abel
    07 dez, 2017 cova funda 21:00
    Esta afirmação é mais uma prova que faltou-lhe aquilo que tem em Portugal, como são os jornaleiros e as tvs. ( descaradas )assim como os padres e bispos nos campos para os EMPURRAR para as vitórias...