A+ / A-

​Concerto vai angariar donativos para as Monjas de Belém

07 dez, 2017 - 10:48 • Ana Lisboa

Chama-se “Concerto para Maria” e vai decorrer este sábado à tarde no centro paroquial de Nova Oeiras.
A+ / A-

O “Concerto para Maria” vai angariar fundos para ajudar na construção da segunda fase do Mosteiro de Nossa Senhora do Rosário, no Couço, concelho de Coruche.

O evento vai contar com a participação de “uma grande diversidade de artistas. Por isso, tentámos juntar vários estilos musicais, para proporcionar às pessoas um momento também de alegria”, sublinha João Oliveira, dos Amigos do Mosteiro.

O programa do concerto inclui “um coro juvenil que é os 'Girassóis' de S. Julião da Barra. Temos uma cantora lírica aqui da nossa paróquia que vai cantar canções de Maria. Depois temos dois grupos relacionados com vários instrumentos que é o “Noses com Vozes” e os “Jovens de Olhalvo” que cantam música diversa. Vamos ter uma Avé Maria em hebraico com um instrumento muito peculiar que vai abrilhantar muito este espectáculo. Vamos ter fado com duas vozes novas. E temos mais dois grupos o “Trigo” e os “Simples” que também são conhecidos aqui de toda a gente. Na verdade vai ser um espectáculo cheio de coisas boas, para que as pessoas possam vir”.

Este concerto reverte-se de especial importância, uma vez que nos últimos 20 anos algumas jovens da Paróquia de Nova Oeiras e de paróquias vizinhas decidiram ir para as Monjas de Belém.

João Oliveira refere que “três raparigas da nossa paróquia deram a sua vida por esta causa. (…) Deus foi concretamente à nossa paróquia e chamou três raparigas, o que nos dá uma alegria imensa, ou seja, não estamos só a fazer uma coisa para a construção de um Mosteiro. É um Mosteiro concreto, com pessoas concretas, que estiveram ao pé de nós, que a gente tocou, que a gente conhece a vida delas, o percurso, os pais, aquilo que elas acreditavam. Existe por isso um motivo muito maior para poder estar presente e poder participar”.

Destas três jovens, duas estão neste Mosteiro de Nossa Senhora do Rosário, no Couço, em Coruche, e a terceira encontra-se em França.

Quem quiser assistir ao concerto, pode comprar os bilhetes na paróquia de Nova Oeiras. “Se os bilhetes forem comprados até à véspera do espectáculo, ou seja, até sexta-feira, custam cinco euros, cinco estrelas, nós estamos a chamar estrelas. Se for comprado no próprio dia são sete euros”.

Para reservar os bilhetes, há duas formas: ligar para o telemóvel 914 822 467 ou enviar um email para concerto.maria.mosteiro@gmail.com.

Quem não puder assistir ao evento, mas quiser contribuir para esta causa, “existe uma conta onde as pessoas podem fazer uma transferência bancária”. informação que pode encontrar no facebook. O IBAN dessa conta bancária é o seguinte: PT50 0061 0050 00507 0455 00 77

Quem são as Monjas de Belém

Estas religiosas de clausura nasceram nos Alpes Franceses em 1950. Actualmente a família monástica é composta por centenas de Irmãs espalhadas pelo mundo, que vivem em profundo recolhimento e dedicam a maior parte do seu tempo à oração.

A congregação religiosa chegou a Portugal há 15 anos. Instalaram-se em Sesimbra, no Mosteiro Nossa Senhora Vestida do Sol. E depois o Couço, em Coruche, foi onde se instalou a segunda circunscrição eclesiástica das Monjas de Belém.

A primeira fase de construção do Mosteiro de Nossa Senhora do Rosário foi inaugurada em Junho de 2013. Agora, decorre a segunda fase de construção que pretende oferecer melhores condições para acolher quem bate à sua porta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cecília Carvalho Vac
    11 dez, 2017 Lavre 19:50
    É um lugar místico!!!!! Com imensa tranquilidade!!!!!