O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Museus dos Coches e Ferroviário nos finalistas para Museu Europeu do Ano

05 dez, 2017 - 09:18

Premiados vão ser conhecidos em Maio numa cerimónia que decorrerá na Polónia.
A+ / A-

Há duas instituições portuguesas na lista dos 40 finalistas, candidatos ao Prémio Museu Europeu do Ano 2018: o Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, e o Museu Nacional Ferroviário, no Entroncamento.

Criado pelo Conselho da Europa, o Fórum Europeu dos Museus atribui o Prémio Museu Europeu do Ano (European Museum of the Year Award ou EMYA, na sigla original) desde 1977, ano da sua fundação.

Na área da museologia, o Prémio Museu Europeu do Ano é o principal e o mais antigo dos galardões atribuídos pelo EMF e também o mais prestigiado na Europa, criado para reconhecer a excelência no sector museológico europeia e promover processos inovadores.

Localizado em Belém, o Museu Nacional dos Coches é o mais visitado em Portugal e recebeu novas instalações em 2015, embora o original, instalado no Picadeiro Real, date de 1904, criado pela rainha D. Amélia.

O museu possui uma colecção de coches e outras viaturas antigas considerada única no mundo dentro do género, percorrendo a evolução técnica dos transportes de tracção animal, e a variada arte decorativa e ornamentação das viaturas.

Quanto ao Museu Nacional Ferroviário, que conta a história do caminho-de-ferro em Portugal, está inserido no complexo ferroviário da cidade, no distrito de Santarém, e envolve uma área de 4,5 hectares, com 19 linhas ferroviárias.

Gerido pela Fundação Museu Nacional Ferroviário Armando Ginestal Machado, o museu reúne uma colecção com 36.000 objectos, que apresentam os primórdios da locomotiva a vapor ao transporte ferroviário actual e do futuro.

O Museu Europeu do Ano 2018 e restantes premiados vão ser conhecidos em Maio numa cerimónia que decorrerá na Polónia.

Em 2017, o galardão foi atribuído ao Museu de Etnografia de Genebra, na Suíça, e o Museu de Leiria venceu o Prémio The Silletto, outro dos galardões do conjunto atribuído anualmente pelo EMF.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.