O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Ouvir Emissão
Acabou de Tocar GUNS N' ROSES - NOVEMBER RAIN Acabou de Tocar

ProgramasRubricasSugestoesMusicasVozesPodcast
  • GUNS N' ROSES - NOVEMBER RAIN
    17:53

  • LAURA BRANIGAN - SELF CONTROL
    17:49

  • AVICII - WAKE ME UP
    17:41


Insira o dia e a hora a pesquisar
:




Entrar Renascença V+
Mayra Andrade ao vivo na Renascença

"
  • Áudio Primavera - The Gift

  • Vídeo The Gift: a não perder dia 2 de Junho no Rock in Rio!

  • Áudio Music - The Gift

  • Áudio Fácil de Entender - The Gift

  • Áudio Driving You Slow - The Gift

Ela é do fado, ela é da pop, ela é do rock, ela é Ana Moura

27-06-2014

E ela é “Desfado”

Fonte Aumentar Letra Diminuir Letra

Andar pelo mundo a dar concertos nas mais conhecidas salas de espectáculo parece um sonho, mas é o dia-a-dia de Ana Moura.
A sua agenda de concertos parece não ter fim à vista e não é para menos. Com salas esgotadas em diversos pontos do mundo, Ana Moura é uma verdadeira embaixadora da música portuguesa, mas sobretudo uma cantora com um estilo próprio que vai do rock à pop e, claro, ao fado… ou melhor, ao “Desfado”.

Ao quinto disco de originais, Ana Moura rodeou-se de amigos e companheiros da música, alguns da nova geração - como Márcia, Luísa Sobral e António Zambujo - e outros nomes já mais do que consagrados na música portuguesa – Aldina Duarte, Pedro Abrunhosa ou Tozé Brito. Não esquecendo ainda a participação especial do americano Herbie Hancock.

“Desfado”, a música que partilha o nome com o nome do quinto álbum da cantora, toca na Renascença e temos a certeza que faz parte das suas preferidas. Afinal, não é por acaso que a cantora, nascida no Ribatejo, tem ganho os maiores elogios da imprensa internacional (o New York Times apelidou-a de “superstar”) e já subiu ao palco com artistas como Prince ou os Rolling Stones.

Em 2014, Ana Moura recebe pela segunda vez o Prémio Amália, categoria Disco do Ano com a versão ao vivo do álbum “Desfado” - a cantora já tinha recebido este prémio em 2008 mas na categoria Melhor Intérprete.
No comunicado de atribuição do prémio podia ler-se que «O júri decidiu atribuir o prémio a este álbum pelo que ele encerra de qualidade poética, musical e interpretativa. Mas, sobretudo, brindar a originalidade do tema que lhe dá título e que em nada belisca a tradição, na inovação para a evolução».

Para além de “Desfado”, que pode ouvir um excerto nesta página, não perca ainda a deliciosa versão de Ana Moura de “A case of you”, de Joni Mitchell.

Dia 28 de Agosto Ana Moura vai estar bem perto de nós, assista ao concerto da cantora, com a Renascença, na Feira de São Mateus, em Viseu, às 22h.

 

Imprimir Enviar por E-mail
PARTILHAR

  • PUB

Deixe aqui o seu comentário relativo a este artigo. Todos os comentários estão sujeitos a mediação.

Tem 1500 caracteres disponíveis

Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.




INFORMAÇÃO      BOLA BRANCA      PROGRAMAÇÃO      MÚSICA      MULTIMÉDIA      OPINIÃO