O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Ouvir Emissão
Acabou de Tocar GEORGE MICHAEL - FAITH Acabou de Tocar

ProgramasRubricasSugestoesMusicasVozesPodcast
  • GEORGE MICHAEL - FAITH
    7:25

  • CAETANO VELOSO - SOZINHO
    7:13

  • ANA MOURA - DESFADO
    7:8


Insira o dia e a hora a pesquisar
:




Entrar Renascença V+
Sara Tavares revela as novidades do concerto em que celebra 20 anos de carreira

"
  • Áudio Primavera - The Gift

  • Vídeo The Gift: a não perder dia 2 de Junho no Rock in Rio!

  • Áudio Music - The Gift

  • Áudio Fácil de Entender - The Gift

  • Áudio Driving You Slow - The Gift

20 anos passaram num instante

24-10-2014

Está na altura de comemorar

Fonte Aumentar Letra Diminuir Letra

É inegável que tudo começou com a sua participação no programa “Chuva de Estrelas”, era uma voz que se soltava e que a partir daí ganhou vida própria e um rumo só seu… Partilhado, claro, com os milhares de fãs que desde logo “adoptaram” aquela jovem de ar calmo mas que escondia uma forte determinação.

O primeiro álbum, “Sara Tavares & Shout”, saiu em 1996 e trazia um som ligado ao gospel. Em 1999 era a vez de “Mi Ma Bô” sair para a rua e mostrar uma “sonoridade de fusão afro-pop-soul” que lhe valeu o Disco de Ouro em Portugal.
Um álbum que levou Sara numa viagem por grandes palcos internacionais e que lhe rendeu colaborações com músicos como o brasileiro Ivan Lins.

Mas foi com “Balancê” (2005) que o mundo a descobriu como cantora-compositora, o que se traduziu na aclamação da crítica e na nomeação para os prémios BBC de World Music em 2007.

“Xinti”, em 2009, foi o sucessor e valeu-lhe o prémio de melhor voz feminina no Cabo Verde Music Awards de 2010, e no Africa Festival Award, na Alemanha, em 2012, em reconhecimento da sua carreira. Um álbum que reflecte as suas viagens e o percurso de Sara até ao momento.
Em 2010 a sua digressão foi interrompida por motivos de saúde, mas o regresso não se fez esperar. Acarinhada não só pelos fãs, mas também pela comunidade musical, não lhe faltam grandes parcerias no currículo. Buraka Som Sistema, Nelly Furtado, Ala dos Namorados, Joss Stone são alguns dos nomes com quem já partilhou palcos e músicas, mas também deu voz a um conjunto de espectáculos de homenagem a Cesária Évora.
Entretanto, passaram 20 anos e parece que foi ontem!

Para comemorar junte-se à Renascença e não perca os concertos da cantora no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa, dias 30 e 31 de Outubro.

Imprimir Enviar por E-mail
PARTILHAR

  • PUB

Deixe aqui o seu comentário relativo a este artigo. Todos os comentários estão sujeitos a mediação.

Tem 1500 caracteres disponíveis

Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.




INFORMAÇÃO      BOLA BRANCA      PROGRAMAÇÃO      MÚSICA      MULTIMÉDIA      OPINIÃO